Sintra tem 1.169 lugares de estacionamento gratuitos junto a estações ferroviárias

Data:

A Câmara Municipal de Sintra disponibilizou 1.169 lugares de estacionamento gratuitos junto a duas estações ferroviárias do concelho, anunciou a autarquia do distrito de Lisboa.
Os parques de estacionamento já existentes nas estações ferroviárias de Monte Abraão (586 lugares) e de Mira Sintra-Meleças (583 lugares) passam agora a ser gratuitos, segundo a câmara presidida por Basílio Horta.
Esta é uma “medida que aumenta a atratividade do transporte público para todos os que vivem e trabalham no concelho de Sintra”, referiu a câmara, em comunicado.
A estratégia iniciada pelo município de Sintra, em 2017, conta atualmente com 3.804 lugares de estacionamento gratuito “junto de interfaces de transporte ferroviário e rodoviário”.
Segundo o presidente da Câmara de Sintra, Basílio Horta, citado no comunicado, pretende-se com estes estacionamentos “incentivar a utilização do transporte coletivo e outros modos suaves de circulação”.
“Sintra defende e investe na estratégia de mobilidade” no concelho, mantendo “a ambição e o objetivo de reforçar esta estratégia e investimentos nesta área”, acrescentou ainda.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.