UNESCO aprova o Dia Mundial da Língua Portuguesa: 5 de maio

Data:

A Comissão do Programa e Relações Exteriores do Conselho Executivo da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) aprovou ontem em Paris, uma decisão que recomenda à próxima Conferência Geral da Organização a adoção de uma resolução proclamando o 5 de maio como Dia Mundial da Língua Portuguesa.
O dia 5 de maio é já celebrado como Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa), mas passará agora a ser celebrado a nível mundial.
António Sampaio da Nóvoa, embaixador de Portugal na UNESCO e o antigo reitor da Universidade de Lisboa, considera esta decisão como um “momento muito importante” para a língua de Camões.
“É a primeira vez que a UNESCO toma uma decisão destas em relação a uma língua que não é uma das línguas oficiais da UNESCO. Por unanimidade, as pessoas reverem-se na ideia de que é importante um dia mundial da língua portuguesa é muito importante”, defendeu o embaixador em declarações à agência Lusa.
Os nove países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa uniram-se para introduzir esta proposta, mas receberam o apoio de mais 24 países de todos os continentes, como Andorra, Argentina, Chile, Georgia, Luxemburgo, México, Sérvia ou Uruguai, e a proposta foi aprovada por unanimidade.
Com a aprovação, a proposta recebeu o endosso dos 58 do Conselho Executivo da UNESCO

Uma das línguas mais faladas do mundo

Numa reação à aprovação do Conselho Executivo da UNESCO, o Ministério dos Negócios Estrangeiros português referiu que a língua portuguesa é “mais do que apenas uma língua oficial”.
A língua portuguesa é uma das línguas mais faladas do mundo e deverá continuar a crescer, em número de falantes e com uma expressão cada vez mais forte na internet, nas organizações internacionais, no mundo dos negócios e artístico e em muitos outros domínios”, sublinha o MNE num comunicado.
Nota ainda que decisão, que será formalmente adotada pelo plenário do Conselho Executivo no dia 23 deste mês, “reconhece o papel e a contribuição da língua portuguesa para a preservação e disseminação da civilização e da cultura humanas, destacando ainda que o português é a língua mais falada do hemisfério sul e a língua oficial de três organizações regionais e da Conferência Geral da UNESCO”.
A deliberação final cabe ao órgão mais representativo da UNESCO, a Conferência Geral, que congrega os 193 Estados-membros, na sua 40ª sessão, que se realizará de 12 a 27 de novembro próximo, refere ainda o comunicado do MNE.
A proclamação de dias internacionais é da competência da Assembleia Geral das Nações Unidas e, nas suas áreas de competência, das agências especializadas das Nações Unidas, como a UNESCO, nestes casos designando-se dias mundiais.
O Dia Mundial da Língua Portuguesa, assim que oficialmente estabelecido, será integrado no calendário dos dias celebrados pela UNESCO e pelas Nações Unidas, explica o MNE.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.