Votos da emigração elegem dois deputados do PSD e dois deputados do PS

Data:

O apuramento está feito. O PS e o PSD elegeram um deputado por cada um dos círculos (Europa e Fora da Europa).  Dois deputados para cada um dos dois maiores partidos, PS e PSD. Este foi o resultado das legislativas deste ano nos círculos da Emigração (que são dois, Europa e Fora da Europa), já publicado oficialmente no site da secretaria-geral do Ministério da Administração Interna.
Dos quatro deputados eleitos, só Augusto Santos Silva – que vai ser reconduzido para um segundo mandato como ministro dos Negócios Estrangeiros – nunca tinha sido candidato por estes círculos.


Os 230 lugares do Parlamento ficam assim completamente distribuídos – e os resultados da emigração em nada alteraram a relação de forças estabelecida em 6 de outubro.

Assim, o PS fica com 108 deputados; o PSD com 79; o Bloco de Esquerda com 19; a CDU tem 12 (sendo dois do PEV); o CDS-PP, cinco e o PAN, quatro. Chega, Iniciativa Liberal e Livre elegeram um deputado cada.

Quem são os eleitos da Emigração
Fora da Europa
PSD – José Cesário
PS – Augusto Santos Silva

Europa
PS – Paulo Pisco
PSD – Carlos Alberto Gonçalves

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.