Especialistas internacionais debatem vinhos históricos em Alcobaça

Data:

O Museu do Vinho de Alcobaça acolhe, no dia 09 de novembro, mais uma edição do Colóquio Internacional Enomemórias & Enoturismo, os Territórios Culturais do Vinho. Dedicado à temática dos vinhos históricos, o colóquio pretende debater a noção atual do território do vinho associado à memória secular.

O debate contará com especialistas convidados de Portugal, Espanha e Arménia e encerra com a projeção do Filme Mother Vine: A Mátria do Vinho, do realizador norte-americano Ken Payton, cuja obra regista centenas de anos de tradições e costumes nacionais na arte de produzir vinho.

O colóquio é organizado pela Comissão Instaladora do Museu do Vinho de Alcobaça, com o patrocínio científico do Instituto Universitário da Maia e contempla ainda o lançamento da obra científica “Enomemórias & Enoturismo: os territórios culturais do vinho. Paisagem, museus, comunidade”, resultante das comunicações proferidas no colóquio ibero-americano que teve lugar o ano do ano passado no Museu.

A participação é gratuita.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.