Aveiro realiza hasta pública para explorar moliceiros e transportes turísticos

Data:

A Câmara de Aveiro deliberou realizar hasta pública, em regime de licitação verbal, para atribuição do uso privativo de 10 cais de atracação nos canais urbanos da Ria, para o exercício da atividade marítimo-turística.

Ao todo vão estar em concurso 27 lugares de atracação, correspondentes aos 10 cais, localizados no Lago da Fonte Nova, no Canal Central e no Cais dos Botirões, nos mesmos locais das licenças que estão em vigor, com um valor base de licitação para cada posição no valor de 50 mil euros, com direito de ocupação de 2020 até 2024.
O período de cinco anos das licenças atualmente em vigor expira a 31 de dezembro.
“A dimensão total da atividade turística na cidade de Aveiro tem os seus canais urbanos como um dos elementos centrais de toda operação, onde importa garantir a manutenção da atividade dos operadores marítimo-turísticos de forma estável, assegurando uma concorrência saudável”, justifica o executivo municipal.
De acordo com uma nota de imprensa da autarquia, a câmara deliberou igualmente realizar uma hasta pública para atribuição da exploração de circuitos de transportes turísticos no município de Aveiro.
Em licitação vão estar oito lugares em três localizações: São Jacinto, Fonte Nova e o Rossio, sendo dois comboios turísticos, quatro triciclos motorizados elétricos (tipo ‘Tuk Tuk’) de sete lugares e dois de três lugares.

 

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.