Cartaz da Iniciativa Liberal compara Costa a “Sr. Monopólio” dos impostos

Data:

O partido Iniciativa Liberal dedicou o dia de ontem à carga fiscal, tendo escolhido uma repartição de Finanças, em Lisboa, para explicar os benefícios de uma taxa única de IRS (imposto sobre rendimento de pessoas singulares) de 15%.

No mesmo dia, o partido desvendou um cartaz de grandes dimensões no centro da cidade com um apelo: “liberta-te do socialismo”.

O cartaz recorre ao humor, comparando António Costa ao Sr. Monopólio, do jogo com o mesmo nome, com a diferença de que no “outdoor” da Iniciativa Liberal todas as casas do jogo que não são “cadeia” obrigam ao pagamento de um imposto diferente, o jogo chama-se “impostopoly” e o lema é “o jogo em que todos perdem”.

A estratégia da Iniciativa Liberal, um dos partidos que se apresenta pela primeira vez ao eleitorado numas legislativas, é precisamente essa. “Os pequenos partidos só têm uma forma de chamar a atenção: fazer diferente”, explicou o presidente, Carlos Guimarães Pinto.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.