Festas Senhor do Calvário de Gouveia terminaram com grandiosa procissão e romaria

Data:

No último dia das Festas do Senhor do Calvário, em Gouveia teve lugar a procissão e romaria para a Capela do Senhor do Calvário, acompanhada pela Sociedade de Instrução e Recreio de Paços da Serra, grupos de romeiros do concelho e a já tradicional merenda na escadaria do recinto da capela, num momento recheado de simbolismo e tradição.
Para os mais pequenos, a “História da Carochinha” foi a peça infantil apresentada no Jardim Lopes da Costa, à qual se seguiu o concerto pela Sociedade de Instrução e Recreio de Paços da Serra.
Para encerrar os grandes concertos que a edição deste ano recebeu, Pedro Abrunhosa foi o artista, músico e compositor escolhido, com mais uma enchente de público a acolhê-lo, como demais aconteceu em todos os concertos da Maior Romaria das Beiras 2019.
O espetáculo de encerramento e o fogo-de-artifício são um momento sempre aguardado pelo público que, em jeito de despedida, deu por finalizadas as Festas do Senhor do Calvário 2019.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.