João Sousa sobe sete lugares e é 42.º no ‘ranking’ mundial

Data:

O tenista português João Sousa subiu sete lugares, para 42.º, no ‘ranking’ mundial de ténis, depois de uma semana em que atingiu as meias-finais do torneio suíço de Gstaad, em terra batida.

O vimaranense, que tem como melhor posição na hierarquia um 28.º lugar, em maio de 2016, progrediu um total de 27 posições nas últimas três semanas, nas quais esteve em Wimbledon, Bastad e Gstaad.

João Sousa, de 30 anos, é o único jogador luso no ‘top 100’, sendo que Pedro Sousa, que ‘caiu’ lesionado nas meias-finais do ‘challenger’ de Tampere, está perto, no 105.º posto, depois de subir oito lugares. Já foi 99.º este ano.

Por seu lado, João Domingues é 171.º (desceu uma posição), Gonçalo Oliveira segue em 251.º (subiu uma), Frederico Silva é 273.º (subiu 25) e Gastão Elias, ex-número 57, em 2016, continua fora do ‘top 300’, no 317.º (subiu cinco).

Quanto aos 10 melhores, a única alteração foi a subida, para nono, do italiano Fabio Fognini, por troca com o russo Daniil Medveded, numa tabela liderada pelo sérvio Novak Djokovic, seguido pelo espanhol Rafael Nadal e o suíço Roger Federer.

Na tabela feminina, o ‘top 10’ não sofreu qualquer alteração, continuando a predominar a australiana Ashleigh Barty, secundada pela japonesa Naomi Osaka e a checa Karolina Pliskova.

A melhor portuguesa é Francisca Jorge, de 19 anos, que surge apenas na 652.ª posição, tendo subido 20.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.