MNE português visita a Guiné-Bissau para retomar “nível máximo” de cooperação bilateral

Data:

O ministro dos Negócios Estrangeiros inicia amanhã uma visita de quatro dias à Guiné-Bissau que tem como objetivo “retomar o nível máximo de cooperação bilateral” entre os dois países, revelou.
Entre 25 e 28 de julho, a agenda de Augusto Santos Silva inclui reuniões com o Presidente da República da Guiné-Bissau, José Mário Vaz e com o primeiro-ministro, Aristides Gomes.
A agenda de contatos do ministro inclui também uma reunião com a Cooperação Portuguesa na Guiné-Bissau.
Aos jornalistas, o titular da pasta dos Negócios Estrangeiros destacou ainda que irá “trabalhar intensamente” com a sua homóloga guineense, Suzi Barbosa.
“Porque agora que a Guiné-Bissau tem um governo em plenitude de funções, não há nenhuma razão para a que a cooperação continue a um nível inferior ao que poderia ser”, afirmou Ausgusto Santos Silva aos jornalistas à margem à margem do 4º Encontro da Rede de Ensino de Português no Estrangeiro, que decorreu na segunda-feira em Lisboa.
O Programa Estratégico Cooperação entre Portugal e a Guiné-Bissau para o período 2015-2020 tem um envelope financeiro indicativo de 40 milhões de euros e apresenta como prioridades a promoção da boa governação, estado de direito e direitos humanos, desenvolvimento sustentável e bens públicos globais.
Assenta no Plano Estratégico e Operacional ‘Terra Ranka’ 2015-2020, que preconiza para a Guiné-Bissau um progresso social em ambiente de prosperidade e paz num contexto de desenvolvimento inclusivo e durável, com a participação de todos os guineenses, em particular os jovens como atores chave de transformação.
A visita de Augusto Santos Silva deverá ser ainda aproveitada para discutir a continuação da cooperação entre os dois países após 2020 e avançar com a preparação do próximo programa estratégico.
O novo Governo da Guiné-Bissau foi eleito nas legistalivas de 10 de março e nomeado pelo Presidente da República, José Mário Vaz, quase quatro meses depois, a 03 de julho, e depois de a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) ter imposto um prazo.
José Mário Vaz, que cumpriu cinco anos de mandato a 23 de junho, acabou por indicar Aristides Gomes primeiro-ministro do país.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.