Maternidade do Hospital Distrital de Santarém com classificação máxima

Data:

O Hospital Distrital de Santarém (HDS) anunciou hoje que obteve classificação máxima na avaliação de qualidade das especialidades de “parto e cuidados pré-natais” e “cuidados neonatais” da sua Maternidade.

Em comunicado, o diretor clínico do HDS, Paulo Cintra, afirma que, com a abertura, prevista para outubro, do novo Bloco de Partos, a classificação (entre os 13 melhores hospitais do país no primeiro caso e entre os 29 melhores no segundo), obtida na avaliação anual feita pela Entidade Reguladora da Saúde, posiciona os cuidados à maternidade neste hospital “entre os melhores do país”.

Na excelência clínica, dos 96 prestadores avaliados (36 não foram avaliados), o HDS refere ainda as classificações obtidas na Cardiologia, na área do enfarte agudo do miocárdio (entre os 27 melhores do país), com destaque para a Unidade de Coronárias, na Cirurgia Geral, na área da cirurgia do colon (entre os 31 melhores) “muito graças ao Centro de Referência em Cirurgia Oncológica do Reto recentemente acreditado”, e na Ginecologia.

Paulo Sintra realça igualmente a “classificação máxima” obtida na valência “segurança do doente”, com destaque para a “avaliação da cultura e procedimentos relacionados com a segurança dos doentes”, e na “Focalização no Utente”, que afirma ser “um dos focos principais da atual administração” liderada por Ana Infante.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.