Abel Ferreira acentua ‘carimbo’ luso nos últimos três campeões gregos

Data:

Abel Ferreira, que trocou o Sporting de Braga pelo PAOK, é o 15.º treinador português a comandar uma equipa de futebol na Grécia, sendo que os últimos três campeões helénicos passam a ser liderados por técnicos lusos.
Após duas temporadas e meia ao serviço dos bracarenses, o antigo lateral-direito vai ter a primeira experiência no estrangeiro, juntando-se a Pedro Martins, que está a iniciar a segunda temporada no Olympiacos, e aos também estreantes Miguel Cardoso, que assumiu o comando do AEK, e Luís Castro, técnico que deixou os sub-23 do Vitória de Guimarães para treinar o Panetolikos.
Com a chegada de Abel Ferreira ao campeão grego, os últimos três emblemas que conquistaram o título na Grécia passam a ser liderados por portugueses.
Além do emblema de Salónica, que levantou o troféu ao fim de 34 anos, o AEK tinha vencido a prova 2017/18, depois de sete títulos arrecadados pelo Olympiacos, entre 2011 e 2017.
Esta será a sexta vez que treinadores portugueses coincidem na Grécia na mesma época, mas apenas a primeira com tantos ‘timoneiros’ em simultâneo (quatro).
Em 2007/08, José Peseiro assumiu o comando do Panathinaikos – que deixaria a meio da época – e juntou-se a Fernando Santos, então técnico do PAOK. Na temporada seguinte, o atual selecionador de Portugal cruzou-se com Carlos Carvalhal, recrutado pelo Asteras Tripolis.
Já na temporada 2012/13, Jesualdo Ferreira (Panathinaikos), Leonardo Jardim (Olympiacos) foram os representantes lusos na principal divisão grega, antes de Ricardo Sá Pinto orientar o OFI Creta, em 2013/14.
Na primeira de duas passagens pelo Atromitos, em 2014/15, Sá Pinto teve a ‘companhia’ de Vítor Pereira, este ao comando do Olympiacos, que apostaria em Marco Silva na época posterior (2015/16).
Quando Sá Pinto regressou ao Atromitos, em fevereiro de 2017, José Morais tinha abandonado o AEK no mês anterior, pelo que não coincidiram na Grécia, numa altura em que Paulo Bento liderava o Olympiacos.
Fernando Santos continua a ser o mais célebre dos técnicos portugueses na Grécia, uma vez que, além de ter orientado AEK (2001/02, 2004/05 e 2005/06), Panathinaikos (2002/03) e PAOK (2007 a 2010), ainda conduziu os destinos da seleção helénica, entre 2011 e 2014.
Com Santos ao comando, a Grécia atingiu os quartos de final do Euro2012, bem como os ‘oitavos’ do Mundial2014, este último um feito para a equipa, que nunca tinha passado da fase de grupos.
Contudo, o primeiro treinador luso a ‘aventurar-se’ naquele país mediterrânico foi o já falecido Severiano Correia, um antigo jogador de Benfica e Boavista, que, entre 1967 e 1970, orientou o Aris e o Proodeftiki, antes de comandar o Apollon Kalamaras, em 1973/74.
Entre todos os 12 treinadores lusos que já passaram pela Grécia, apenas Leonardo Jardim, Vítor Pereira, Marco Silva e Paulo Bento celebraram o título, todos pelo Olympiacos. Contudo, apenas o segundo iniciou e terminou uma temporada ao leme do emblema do Piréu (2015/16).

Treinadores portugueses que passaram pela Grécia

Nome
Severiano Correia
Fernando Santos
José Peseiro
Carlos Carvalhal
Jesualdo Ferreira
Leonardo Jardim
Ricardo Sá Pinto
Vítor Pereira
Marco Silva
José Morais
Paulo Bento
Pedro Martins
Miguel Cardoso
Luís Castro
Abel Ferreira
Equipas que treinou (épocas)
Aris (67/68 e 68/69) e Appolon Kalamaris (73/74)
AEK (01/02, 04/05 e 05/06), Panathinaikos (02/03), PAOK (07/08 a 09/10) e Grécia (2011 a 2014)
Panathinaikos (07/08)
Asteras Tripolis (08/09)
Panathinaikos (10/11 a 12/13)
Olympiacos (12/13)
OFI Creta (13/14) e Atromitos (14/15 e 16/17)
Olympiacos (14/15)
Olympiacos (15/16)
AEK (16/17)
Olympiacos (16/17)
Olympiacos (desde 18/19)
AEK (19/20)
Panetolikos (19/20)
PAOK (19/20)

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.