Recuperação do centenário Titan de Leixões em Matosinhos lançado a concurso público

Data:

O concurso público internacional para a recuperação do Titan do Porto de Leixões, em Matosinhos, desmantelado em 2013 devido à sua degradação, foi lançado com um preço base de 1,85 milhões de euros, adianta o Ministério do Mar.

Em comunicado, aquele ministério tutelado por Ana Paula Vitorino refere que o edital foi publicado em Diário da República, estando a adjudicação da obra prevista para o mês de outubro.

O Titan, peça única de arqueologia industrial construída em 1888 para suportar a construção do Porto de Leixões, foi desmantelado em 2013 devido ao seu elevado estado de degradação.

Com um prazo de execução estimado de um ano, a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) estima fazer a sua inauguração no último quadrimestre de 2020, salienta a nota.

“O equipamento será instalado no acesso ao Terminal de Cruzeiros de Matosinhos e, seguindo a lógica de abertura à cidade já habitual nesta infraestrutura portuária, poderá ser visitado por toda a população”, sustenta.

Pela sua “importância e preponderância” no património industrial do Porto de Leixões e relevo na história de Matosinhos, no distrito do Porto, a APDL entende que a recuperação do Titan é de “um valor e importância inestimável”.

O Titan, um enorme guindaste movido a vapor que no passado se deslocava sobre carris, foi construído e montado com o objetivo de suportar a construção do Porto de Leixões, tendo, por isso, uma profunda carga histórica para a região Norte, ressalva o Ministério do Mar.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.