Projeto “Viagens” leva teatro a cinco municípios das Beiras e Serra da Estrela

Data:

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) vai realizar cinco espetáculos de teatro, no âmbito do projeto “Viagens”, que constitui a componente daquela arte do festival “Cultura em Rede”, foi hoje anunciado.

Segundo a CIM-BSE, que apresentou na segunda-feira a programação dos espetáculos de teatro em Trancoso, no distrito da Guarda, o festival “Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela”, será realizado pela segunda vez consecutiva nos meses de julho e de agosto.

O programa de animação dos centros históricos e urbanos da região das Beiras e Serra da Estrela inclui a realização de espetáculos de dança, música e teatro em cada um dos 15 municípios da CIM-BSE.

A componente de teatro do projeto comunitário denomina-se “Viagens” e é realizada em parceria com a ASTA – Teatro e Outras Artes, uma companhia teatral da Covilhã, que “reinventa e reinterpreta os costumes e histórias da região”, segundo os promotores.

De acordo com a CIM-BSE, participam no espetáculo habitantes dos concelhos de Almeida, Figueira de Castelo Rodrigo, Mêda, Pinhel e Trancoso.

Os espetáculos de teatro estão agendados para Figueira de Castelo Rodrigo (dia 06 de julho), Trancoso (13), Pinhel (20), Almeida (27) e Mêda (10 de agosto).

Segundo António Ruas, primeiro secretário executivo da CIM-BSE, “o festival ‘Cultura em Rede’ integra a atividade teatral, que, para além de envolver artistas dos 08 aos 80 anos, envolve toda a comunidade em cada um dos concelhos”.

“Com a [companhia teatral] ASTA vamos recordar e reviver a nossa cultura e o nosso saber”, garante o responsável.

Segundo a CIM-BSE, o “Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela” é um projeto que tem como objetivo “consolidar uma rede territorial e institucional vocacionada para a projeção e divulgação do território e da sua identidade, fortemente alicerçada na promoção da cultura e do turismo cultural, cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional”.

“O programa está direcionado para a animação dos centros históricos e urbanos da região e consiste num espetáculo de dança, música e teatro em cada um dos 15 municípios que integra esta Comunidade Intermunicipal”, refere.

Inclui ainda uma rota de visitas guiadas encenadas, focadas na cultura e história do território de forma contemplativa e interativa.

O concelho de Seia marca o arranque da edição 2019 do projeto, que começa no dia 02 de julho e termina no dia 10 de agosto, nos concelhos do Fundão e Mêda, segundo a fonte.

A iniciativa é liderada pela CIM-BSE e tem a participação dos concelhos de Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Guarda, Gouveia, Manteigas, Mêda, Pinhel, Sabugal, Seia, Trancoso e da Associação de Municípios da Cova da Beira.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.