PSP apreende no Porto 3.600 doses de drogas e detém cinco alegados traficantes

Data:

A PSP apreendeu no Porto heroína, cocaína e haxixe suficientes para cerca de 3.600 doses e deteve cinco alegados traficantes, numa operação que incluiu a realização de quatro buscas domiciliárias, anunciou hoje fonte policial.

Em comunicado, o Comando Metropolitano da PSP do Porto detalha que os detidos são todos homens, com idades entre os 19 e os 21 anos, residentes no Porto, Matosinhos, Vila Nova de Gaia e Amarante, especificando que a operação foi realizada na terça-feira e apoiada por forças da Unidade Especial de Polícia.

Nas quatro buscas, duas nos bairros portuenses do Viso e do Carvalhido e outras duas em locais não revelados, a polícia aprendeu também 7.500 euros e materiais “utilizados na venda direta de estupefacientes”.

Referindo-se às quantidades de droga apreendida, a PSP precisa que se tratava de heroína suficiente para cerca de 2.332 doses individuais, cocaína para 1.258 e haxixe para 56.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.