André Villas-Boas é o novo treinador do Marselha

Data:

O português André Villas-Boas vai treinar o Marselha nas próximas duas temporadas, até junho de 2021, anunciou hoje o quinto classificado da Liga francesa de futebol.

O treinador, de 41 anos, vai iniciar funções em 01 de julho, no regresso à Europa, depois de ter orientado, em 2017, os chineses do Shanghai SIPG e ter alinhado em várias provas de todo-o-terreno, entre as quais o Dakar2018.

Antes, o antigo adjunto de José Mourinho, passou por clubes como Académica, FC Porto, Chelsea, Tottenham e Zenit São Petersburgo, além de ter orientado a seleção das Ilhas Virgens Britânicas.

Villas-Boas conquistou uma Liga Europa, um campeonato português, uma Taça de Portugal e uma Supertaça Cândido Oliveira, pelo FC Porto, uma liga russa, uma Taça da Rússia e uma Supertaça russa, no Zenit.

“Estamos muito satisfeitos por contratar um treinador cujo sucesso é reconhecido ao mais alto nível na Europa e no mundo. A filosofia e a abordagem de André Villas-Boas estão em linha com o que queremos para o Marselha e vão contribuir para revitalizar o nosso projeto, depois de uma campanha dececionante”, realçou Frank McCourt, dono do Marselha, garantindo que as expectativas em torno do técnico luso são “elevadas” e que o clube está a fazer as mudanças necessárias para alcançar os seus objetivos.

O presidente do Marselha, Jacques-Henri Eyraud, destacou que Villas-Boas é um treinador bastante experiente, apesar da sua juventude, e que está acostumado às exigências competitivas ao mais alto nível.

“Acreditamos que vai trazer nova energia para o grupo que vai comandar. Estamos convencidos de que a modernidade dos seus métodos, a sua visão muito nítida do futebol e o seu sentido de inovação vão ser importantes para enfrentar um novo ciclo”, sublinhou, apontando para a necessidade de o treinador português trabalhar em estreita colaboração com Andoni Zubizaretta de forma a serem alcançados os objetivos definidos por MacCourt.

O Marselha, sob o comando de Rudi Garcia e com o defesa central português Rolando, terminou a edição 2018/19 do campeonato fora dos lugares que dão acesso às competições europeias, na quinta posição, com 61 pontos, menos 30 do que o bicampeão Paris Saint-Germain.

Com nove títulos de campeão, o Marselha, que não ergue o troféu desde 2009/10, é o segundo clube com mais campeonatos em França, sendo apenas batido pelo Saint-Étienne, que tem 10, e é o único emblema do país a ter vencido a Liga dos Campeões, em 1992/93.

A Rádio Renascença avança com o nome do ex-internacional português Ricardo Carvalho para adjunto de Villas-Boas. Este será o primeiro cargo do antigo internacional português, que pendurou as botas no final de 2017, no Shanghai SIPG, na altura treinado por Villas-Boas.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.