Advogada do Porto condenada por maltratar marido e filhos

Data:

O Tribunal de São João Novo, no Porto, condenou hoje uma advogada a quatro anos e meio de prisão, pena suspensa sob condições, por agredir e insultar o marido e dois dos três filhos do casal.

A mulher foi condenada pela prática de três dos quatro crimes de violência doméstica que o Ministério Público (MP) lhe imputou.

Aos maus tratos físicos e psicológicos apenas escapou, concluiu o tribunal, a filha mais nova do casal.

A suspensão da pena fica sujeita, entre outras condições, a entrega de uma quantia à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima e a comparecer em tribunal sempre que convocada.

Esta condição foi determinada devido à ausência da arguida em todas as sessões de julgamento, o que levou o tribunal a aplicar-lhe multas e a censurar o seu comportamento no próprio acórdão do caso.

“Revelou profundo desprezo pelas autoridades judiciárias”, observou a presidente do coletivo de juízes.

“Desprezo” foi também a expressão usada pela magistrada judicial para classificar a forma como a advogada encarava os laços familiares.

E, acrescentou, “não se vislumbram razões para excluir ilicitude” dos seus atos, à luz das suas responsabilidades parentais.

A acusação do processo agora decidido em primeira instância sublinha a crescente “agressividade e autoritarismo” que a arguida, atualmente com 44 anos de idade, adotou com o marido, também ele advogado, logo após casamento, em 1992.

O mesmo comportamento foi adotado com os filhos do casal, agravando-se em 2014, quando “a arguida passou a ingerir bebidas alcoólicas em excesso”, pelo que o homem e dois dos filhos acabaram por abandonar definitivamente a residência comum em março de 2016.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.