Secretário de Estado da Comunidades promove na Califórnia vagas para luso-americanos no ensino superior

Data:

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas iniciou ontem uma visita à Califórnia onde irá hoje promover as 3500 vagas para luso-americanos que estarão disponíveis no ensino superior português no próximo ano letivo.
A sessão de esclarecimento sobre o acesso ao ensino superior em Portugal vai realizar-se às 13h30, na San José High School, em São José, cidade onde está concentrada uma grande parte da comunidade portuguesa e onde foi criado o único museu exclusivamente dedicado à história de Portugal e luso-americanos.
A comitiva do governo pretende chamar a atenção para um programa que teve apenas 350 candidaturas no último ano letivo, um décimo da quota total atribuída e é dirigido especificamente a portugueses e familiares de portugueses a residir no estrangeiro.
“Estamos a realizar sessões de esclarecimento sobre o programa ‘Study & Research in Portugal’, que já fizemos na Europa e agora estamos a fazer nos Estados Unidos”, disse José Luís Carneiro à Lusa.
José Luís Carneiro frisou que “há razões muito objetivas” para que os estudantes lusodescendentes aproveitem a quota estabelecida pela Direção-Geral do Ensino Superior, nomeadamente a diferença de custos entre Portugal e os Estados Unidos.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.