Preço dos Passadiços do Paiva sobe para aproximar receita dos custos de operação

Data:

O custo do bilhete de acesso aos Passadiços do Paiva vai duplicar, mas somente na época alta, entre 1 de abril e 30 de outubro.
Se for comprado na plataforma online (http://www.passadicosdopaiva.pt/), o bilhete individual passará de um para dois euros. Se for adquirido presencialmente no dia da visita, subirá de dois para quatro euros. Crianças menores e 10 anos têm entrada livre.
Os novos preços foram aprovados com os votos favoráveis do Executivo socialista e do vereador do CDS-PP, com a abstenção dos vereadores do PSD, que alegaram não ter tido acesso a informação suficiente sobre a matéria.
A medida aplica-se apenas à época alta, no período entre 1 de abril e 30 de outubro, e a presidente da Câmara Municipal, Margarida Belém, atribui-a à necessidade de “atenuar a diferença entre a receita dos passadiços e aqueles que são os seus efetivos custos de operação”.
Essses custos relacionam-se a encargos como os associados à gestão de entradas, aos serviços de limpeza de percurso e sanitários, ao funcionamento dos parques de estacionamento e ao backoffice de reservas e bilhética.
“Neste momento o valor arrecadado não cobre todas estas despesas e, embora não seja fundamental ter lucro, até porque a construção dos passadiços teve apoio comunitário, é preciso aproximar a receita dos efetivos custos de operação deste equipamento, cujo impacto social e económico no território tem sido tremendo”, declara a presidente da Câmara Municipal.

A lotação do percurso de oito quilómetros entre a Praia do Areinho e o lugar da Espiunca continuaráa ser de 2.000 pessoas por dia

Lotação continua nas 2.000 pessoas por dia

A lotação do percurso linear de oito quilómetros entre a Praia do Areinho e o lugar da Espiunca, sempre ao longo das escarpas do Paiva e através de áreas antes inacessíveis à circulação pedestre, continuará, em todo o caso, a ser de 2.000 pessoas por dia, o que Margarida Belém define como “o número ideal para garantir a qualidade da visitação”.
Pensando numa procura que é sempre “muito grande”, o novo tarifário introduz duas vantagens para os utilizadores dos Passadiços.
A primeira é que quem tiver adquirido um bilhete para determinado dia e se vir depois impedido de o utilizar nessa data pode reafetá-lo a nova visita mediante “o pagamento de um suplemento de 50%”.
A segunda é que operadores turísticos que representem “comprovada mais-valia para o território” poderão beneficiar de 20% de desconto na compra dos seus ingressos, após o devido processo de verificação pelos serviços da autarquia e assinatura.
“Queremos dar um maior apoio aos operadores que nos visitam de forma organizada e esses podem agora requerer à Câmara uma certificação que lhes proporcionará descontos e que permitirá remarcações, por exemplo, mediante alguns comprovativos que demonstrem que os seus grupos deixam reais mais-valias no resto do concelho – como as que se referem a dormidas no território, aquisição de refeições, compras e outras experiências turísticas”, explicou Margarida Belém.
Os Passadiços do Paiva localizam-se nas margens do Rio Paiva, concelho de Arouca, foram inaugurados a 20 de junho de 2015 e estão integrados em Rede Natura 2000 (sítio de interesse comunitário Rio Paiva).
Têm oito quilómetros de extensão e passam por três praias fluviais (Espiunca, Vau e Areinho) e por cinco geossítios (Garganta do Paiva, Cascata das Aguieiras, Praia Fluvial do Vau, Gola do Salto, Falha de Espiunca).
Estão abertos de outubro a março das 9h às 17h; em abril das 9h às 18h (dias úteis) e das 9h às 19h (fins de semana e feriados); de maio a setembro, das 8h às 20h.
Coordenadas: Espiunca: 40°59’34.67″N 8°12’41.19″W / Areinho: 40°57’9.68″N 8°10’33.05″W

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.