“Somos uma das referências da Europa e somos sempre uma das seleções mais fortes”

Data:

Hélio Sousa divulgou os eleitos para o Campeonato do Mundo de sub-20, cuja fase final se realizará na Polónia, entre os dias 23 de maio e 15 de junho.

O treinador da seleção portuguesa de futebol de sub-20 recusou que Portugal fique mais fraco sem João Félix e assegurou que esta geração de jogadores tem a ambição de conseguir algo mais no Mundial da categoria.

“Portugal nunca é uma seleção fraca. Somos uma das referências da Europa e somos sempre uma das seleções mais fortes”, afirmou Hélio Sousa, na conferência de imprensa, realizada na Cidade do Futebol, em Oeiras, em que foi divulgada a lista de convocados para o Mundial sub-20, da qual não consta o nome do avançado do Benfica.

Ainda assim, Hélio Sousa admitiu ser “difícil” não poder contar com Félix na prova que terá lugar na Polónia, entre 23 de maio e 15 de junho, embora revelando estar “satisfeito” por ver o jovem jogador num patamar mais elevado.

“Difícil é sempre, devido à qualidade que esta geração tem demonstrado, por todo o envolvimento que há. Não fico triste. Fico, sim, satisfeito por o João poder estar em espaços competitivos de excelência e a vivenciar experiências únicas”, referiu.

O técnico chamou 22 jogadores, mas um dos quatro guarda-redes convocados será dispensado, pelo que a lista final terá 21 elementos. Esta situação prende-se com o facto de Diogo Costa, guardião do FC Porto, poder ser chamado para a final da Taça de Portugal, que se disputa em 25 de maio, precisamente o dia em que Portugal se estreia no Mundial, diante da Coreia do Sul, podendo assim ficar de fora da fase final da prova.

Depois das conquistas dos Europeus de sub-17, em 2016, e sub-19, em 2018, Hélio Sousa considera que esta geração tem capacidade para “conseguir algo mais” e arrecadar um troféu que Portugal arrecadou em 1989 e 1991.

“Eles vão querer afirmar-se novamente e deixar um marco para o país”

“É uma geração que conseguiu algo único na Europa e que vai sentir-se muito motivada para conseguir algo mais. Parece que foi algo banal, apesar de nunca ninguém o ter conseguido. Eles vão querer afirmar-se novamente e deixar um marco para o país”, disse.

Contudo, o antigo médio e um dos integrantes da seleção de sub-20 que venceu o Mundial de 1989, referiu que o objetivo de Portugal “é sempre vencer o próximo jogo”, ainda que lembrando que “nestas fases finais, é muito importante estar no espaço seguinte da competição”, neste caso nos oitavos de final.

Já quanto à concorrência no grupo F do Mundial, Hélio foi perentório: “A Argentina tem uma geração de excelência, a Coreia do Sul tem sempre equipas muito organizadas e consegue formar excelentes equipas, e a África do Sul é uma equipa diferente, do futebol africano.”

Perto do final da conferência de imprensa, o técnico não conteve as lágrimas quando foi questionado sobre os últimos passos que está a dar na Federação Portuguesa de Futebol, antes de assumir o comando da seleção principal do Bahrein.

“Cada ano passado aqui tem sido maravilhoso. Só tenho de agradecer tudo o que me tem acontecido. O desejo é dar as melhores vivências a cada um dos nossos jogadores e vivenciá-las com eles. Tem sido extraordinário. É um prazer enorme trabalhar com os nossos jovens jogadores”, disse, visivelmente emocionado.

A seleção nacional de sub-20 concentra-se na próxima segunda-feira, na Cidade do Futebol, onde vai começar a preparar a participação no Campeonato do Mundo.

Portugal está inserido no grupo F, juntamente com Coreia do Sul, Argentina e África do Sul. A seleção portuguesa estreia-se em 25 de maio, contra os sul-coreanos, seguindo-se os embates com os argentinos, em 28, e sul-africanos, em 31.

Convocados

Guarda-redes: Diogo Costa (FC Porto), João Virgínia (Everton FC), Luís Maximiano (Sporting CP) e Ricardo Silva (FC Porto)

Defesas: Diogo Leite (FC Porto), Diogo Queirós (FC Porto), Francisco Moura (SC Braga), Diogo Dalot (Manchester United), Romain Correia (Vitória SC), Rúben Vinagre (Wolverhampton Wanderers FC) e Thierry Correia (Sporting CP)

Médios: Florentino (SL Benfica), Gedson Fernandes (SL Benfica), Miguel Luís (Sporting CP), Nuno Henrique (Chievo Verona) e Nuno Santos (SL Benfica)

Avançados: Trincão (SC Braga), Jota (SL Benfica), Mesaque Dju (West Ham United), Pedro Martelo (SC Braga), Pedro Neto (SS Lazio) e Rafael Leão (LOSC Lille)

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.