Região Centro regista a segunda maior taxa de novos casos de VIH

Data:

O Centro é a segunda região de Portugal com maior incidência de novos casos de infeção por VIH (Vírus da Imunodeficiência Humana), a seguir à área metropolitana de Lisboa, com 8,6 casos por 100 mil habitantes, foi hoje revelado.

A situação é preocupante e vai ser discutida por especialistas nas áreas do VIH e das hepatites víricas na 6.ª edição do Virology Meeting Point, que vai decorrer hoje e sábado na Figueira da Foz, organizado pela Gilead Sciences.

Segundo Filomena Frazão de Aguiar, presidente da Fundação Portuguesa “A Comunidade Contra a Sida”, o Centro “é a região com maior proporção de diagnósticos tardios de infeção, com 60,8% dos casos diagnosticados evidenciando já degradação imunológica”.

“É a terceira região do país com mais casos de diagnóstico de SIDA, correspondente a estádios avançados da infeção por VIH”, sublinhou a psicóloga clínica, especialista em aconselhamento VIH e SIDA (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida).

De acordo com os dados revelados, em 2017, a região Centro registou 192 novos casos, que corresponde a 18% do total de novos casos nacionais, dos quais 42 resultaram em SIDA.

A prevalência de infeção pelo VIH na região atinge 6.044 pessoas (10,4% do dos casos nacionais), sendo que os doentes com SIDA são 399 (1,8% dos casos nacionais).

“São números preocupantes e, mais do que nunca, continuo sempre a reiterar que instituições que têm o dever de apoiar estas organizações deviam estar lado a lado a colaborar e a trabalhar connosco na luta contra a SIDA. E não estão, de maneira alguma”, salientou Filomena Frazão de Aguiar.

Segundo a presidente da Fundação Portuguesa “A Comunidade Contra a Sida”, faltam projetos e informação ao nível da prevenção, situação que, “muito em breve, vai levar a um aumento significativo de casos de infeção”.

O Virology Meeting Point é um seminário que tem como objetivo de debater as perspetivas atuais na terapêutica antirretrovírica no VIH e de discutir a importância do rastreio e da ligação aos cuidados de saúde dos doentes com infeção por VIH e VHC (Vírus Hepatite C).

O evento reúne especialistas nacionais e internacionais, proporcionando a partilha e discussão de projetos nacionais de rastreio e ligação aos cuidados de saúde dos doentes com VHC e VIH, numa dinâmica de grupo.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.