Investigadores da UTAD estão a monitorizar os relvados do Atlético de Bilbao

Data:

Uma equipa de investigadores portugueses é responsável pela monitorização dos relvados do estádio do Athletic Club de Bilbao, em Espanha, com resultados que já chamaram a atenção de responsáveis de outros estádios em Espanha e Portugal.
O objetivo do trabalho dos investigadores do Centro de Investigação e Tecnologias Agroambientais e Biológicas (CITAB) da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) é a manutenção e recuperação rápida daquele tapete vegetal no pós-jogo.
O trabalho “está a ser desenvolvido em parceria com empresas de soluções de iluminação LED e visa uma redução significativa dos custos energéticos associados a estas soluções”, revela uma nota da UTAD.
A universidade portuguesa explica que nas estruturas modernas, associadas aos estádios mais recentes, os relvados “são mantidos em condições de sombra” o que dificulta o crescimento, recuperação e manutenção “de um tapete vegetal homogéneo”.
Este é um dos problemas que os clubes desportivos mais referem, assim como os custos tempo e recursos humanos associados a esta recuperação.
Para alterar essa realidade, foi iniciada uma parceria entre os investigadores Alexandre Gonçalves, Cátia Brito, Lia Tânia Dinis, José Moutinho Pereira e Carlos Correia (do CITAB), e as empresas Loki (Portugal) e Andled Energy (Espanha).
Lançada em 2017, a parceria pretende aliar o conhecimento científico dos investigadores, na área da Fisiologia Vegetal, ao know-how tecnológico das empresas
Desde então, a união do CITAB-Loki-Andled já permitiu desenvolver soluções otimizadas para cada estrutura específica, através de uma instalação piloto.
O trabalho dos investigadores do CITAB centra-se na monitorização, recuperação e manutenção dos relvados, “por forma a avaliar a eficiência da tecnologia em teste”, explica a UTAD.
O que foi desenvolvido até agora no estádio San Mamés, Bilbao, “permitiu já uma redução dos custos energéticos em 83%, o que gerou interesse entre outros clubes espanhóis e também portugueses”, sublinha ainda a nota divulgada pela universidade portuguesa.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.