Jogadores do Sp. Covilhã foram à cadeia jogar com reclusos

Data:

A equipa técnica, o presidente e cinco jogadores do Sporting da Covilhã, da II Liga de futebol, estiveram no Estabelecimento Prisional da cidade, para disputar uma partida com reclusos e oferecer equipamento desportivo.

Filó, o treinador, realçou o intuito de o clube contribuir para que os detidos tivessem um dia fora da rotina e pudessem conviver com jogadores profissionais.

“Queremos que sintam que a sociedade se preocupa com eles, que tenham uma rápida integração e retorno à vida normal, porque toda a gente tem momentos maus e nós viemos tentar proporcionar bons momentos”, salientou o técnico ‘serrano’.

Na iniciativa participaram os jogadores Bruno Bolas, Agostinho Soares, Diogo Neto, João Cunha e Igor Araújo. A escolha, gracejou Filó, “foi muito rigorosa”. “Vieram os que jogam melhor futsal, exceto a equipa técnica, que é muito fraca”, continuou o treinador.

Foi a primeira vez que Diogo Neto esteve envolvido neste tipo de ação e mostrou-se satisfeito por poder distrair, por momentos, “quem não tem uma vida fácil”.

“É muito bom o clube que representa a cidade ter este papel e mostrar a sua vertente mais solidária. Somos a imagem da cidade e por isso tem de ser natural estarmos envolvidos em iniciativas comunitárias”, vincou o médio.

Igor Araújo destacou o convívio e “o equilíbrio” nos quatro jogos que já disputou com reclusos. “Eles dão tudo contra nós. É um dia diferente, tanto para nós como para eles”, frisou.

Bruno Bolas enalteceu poder estar “com pessoas que gostam de futebol” e divertirem-se em conjunto. “Não temos todos os dias a oportunidade de jogar com jogadores profissionais e eu, se estivesse do outro lado, também gostaria”, sublinhou o guarda-redes.

Otília Simões, a diretora do Estabelecimento Prisional da Covilhã, agradeceu a presença da comitiva ‘serrana’ pela “gratificação” que os reclusos sentem nestas ocasiões.

“É profícuo para os reclusos haver interação com o exterior, porque estão muito tempo fechados, convivem entre si muitos dias, muitos meses, alguns muitos anos”, disse a responsável, para quem a visita dos ‘leões da serra’ é ainda “uma forma de passarem um dia diferente e de sentirem que também são seres humanos respeitados”.

A diretora da cadeia manifestou-se grata pelo material desportivo oferecido, por ser útil aos reclusos e o Estabelecimento Prisional “não ter verba para este tipo de equipamento”.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.