Falta de interesse de luso-canadianos pela comunidade motiva inquérito

Data:

A falta de interesse dos jovens lusodescendentes pelas “coisas da comunidade portuguesa” é motivo de estudo académico por parte do conselheiro das Comunidades Portuguesas no Canadá, Daniel Loureiro. “O meu objetivo neste estudo, que estará concluído em breve, é de identificar qual é o sentimento que os jovens (lusodescendentes) têm face à comunidade portuguesa e também face a Portugal. Muitas das vezes dizemos que eles não se interessam pelas coisas da comunidade. Mas porque será?”, questionou o luso-canadiano de 28 anos a residir em Montreal.
Filho de emigrantes ribatejanos, o mais jovem dos conselheiros das Comunidades Portuguesas, no cargo desde 2015, explicou que o objetivo do estudo “é mesmo encontrar respostas para o problema”. “Temos sempre aquele pressentimento e ideia que existe, de que os jovens não se interessam por várias razões. Mas nunca lhe fizemos essa pergunta. Porque será que têm esse sentimento face à comunidade e qual é o seu sentimento face a Portugal, que pode ser diferente”, acrescentou.
O conselheiro das Comunidades Portuguesas sublinhou ainda a importância do estudo no sentido de “poder ajudar a compreender o futuro da comunidade portuguesa”.
No entanto, a falta de interesse pode também surgir no “desinteresse da comunidade pelos jovens”, e a culpa “é um mistério da vida”, alertou.
“Pode existir a falta de interesse por parte de alguns jovens face à comunidade portuguesa, mas sobretudo à imagem que ela projeta. O desinteresse vem perante aquilo que a comunidade deixa parecer. Queremos outras coisas que não sejam só festas e bailaricos”, enalteceu.
Daniel Loureiro está convicto de que os jovens da comunidade “são orgulhos das suas raízes e de pertencerem à comunidade portuguesa” independentemente de estarem em Montreal, Toronto ou noutras cidades do mundo.
Os jovens “têm esse orgulho”, agora há que “preencher esse orgulho” com atividades para “manterem viva a comunidade” que dentro de 40 ou 50 anos terá que se “rejuvenescer”.
Segundo Otava, existem cerca de 480 mil portugueses e lusdescendentes no Canadá.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.