Fernando Gomes reeleito para o Comité Executivo da UEFA

Data:

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, foi hoje reeleito para um mandato de quatro anos no Comité Executivo da UEFA, que integra desde 2013, tornando-se o dirigente português com maior longevidade no organismo.

O vice-presidente da UEFA recebeu 45 votos, entre 53 válidos, no 43.º congresso da UEFA, que decorre em Roma, sendo reeleito ao lado do húngaro Sándor Csányi e do croata Davor Suker, tendo-se registado ainda as entradas do espanhol Luis Rubiales, do dinamarquês Jesper Moller Christensen, do albanês Armand Duka, do cazaque Kairat Boranbayev, do ucraniano Andrii Pavelko. A francesa Florence Hardouin foi eleita por quota obrigatória reservada a mulheres.

Fernando Gomes, que foi cooptado para o Comité Executivo em 2013 e eleito dois anos depois, é o quarto português no órgão de cúpula da UEFA e será, no final do mandato, o que mais tempo terá permanecido no cargo, que também já foi ocupado por Cazal-Ribeiro (1968), Silva Resende (1984) e Gilberto Madaíl (2007).

No 43.º congresso ordinário do organismo de cúpula do futebol europeu, o líder da FPF desde 2011 poderá ainda ser eleito para o Conselho da FIFA, um cargo que já ocupa desde 2017.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.