Rui Borges é o novo treinador do Académico de Viseu

Data:

Rui Borges é o novo treinador do Académico de Viseu. O técnico de 37 anos orientava o Mirandela, equipa da Série A do Campeonato de Portugal, e chega para substituir Manuel Cajuda, que deixou o cargo no dia 13 de janeiro e cujas funções têm sido asseguradas de forma interina por Flóris Schaap.

Os maus resultados, com apenas um empate e uma vitória nos últimos sete jogos, deixaram o Académico no último lugar na II Liga de futebol, levando a direção do clube a optar pela contratação de um novo treinador.

Em ano e meio como técnico do Mirandela, Rui Borges orientou 50 jogos para o Campeonato de Portugal, dos quais venceu 28, empatou 10 e perdeu 12. No ano de estreia do treinador, a equipa terminou a Série A no quarto lugar, e esta temporada ocupa a sexta posição.

Como jogador, Rui Borges passou por clube como Mirandela, Famalicão, Bragança e Freamunde.

No Académico de Viseu vai reencontrar o avançado brasileiro João Victor, um dos reforços de inverno dos beirões.

Rui Borges vai já orientar o treino da tarde de hoje do plantel academista para preparar o jogo da 21.ª jornada da II Liga, no sábado, frente ao FC Porto B.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.