Parlamento lamenta morte de Joaquim Bastinhas, “toureiro do povo”

Data:

 

A Assembleia da República aprovou hoje, por maioria, um voto de pesar pela morte do cavaleiro tauromáquico Joaquim Bastinhas, recordado como o “toureiro do povo”.
No texto apresentado pelo PS, PSD e CDS, lê-se que Joaquim Bastinhas era “apelidado, muitas vezes, como o ’toureiro do povo’”.
“A empatia que gerava com as bancadas, a alegria que transmitia em cada um dos momentos e a forma como chegava aos milhares de pessoas que o seguiam, notabilizou-o de forma ímpar”, acrescenta.
Na votação, o texto recebeu o voto contra do PAN e abstenção do BE, PEV e o deputado não-inscrito Paulo Trigo Pereira.
Joaquim Bastinhas, 62 anos, morreu, em 31 de dezembro, de doença prolongada no hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, onde estava internado desde novembro.
Nascido em 08 de março de 1956, em Elvas, Joaquim Bastinhas era pai do também cavaleiro tauromáquico Marcos Tenório. Casado com Helena Maria Gonçalves Nabeiro Tenório, tinha outro filho, Ivan Tenório.
Joaquim Bastinhas – que comemorou este ano 35 anos de alternativa – recebeu-a em 15 de maio de 1983, das mãos do cavaleiro José Mestre Batista, com o testemunho de João Moura.
Apresentou-se como cavaleiro amador com 12 anos, por ocasião do tradicional festejo de Carnaval, na Monumental do Campo Pequeno, em 02 de fevereiro de 1969.

 

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.