Santuário rupestre de Garfe proposto para sítio de interesse público

Data:

A Direção-Geral do Património Cultural vai propor à ministra da Cultura a classificação como sítio de interesse público do Santuário Rupestre de Garfe, na Póvoa de Lanhoso.
A proposta de classificação, publicada em Diário da República a 16 de janeiro, fundamenta-se em parecer da Secção do Património Arquitetónico e Arqueológico do Conselho Nacional de Cultura.
“É objetivo da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso proceder à delimitação do Santuário Rupestre de Garfe. Rodeado de campos de cultivo e mato, este situa-se numa encosta de pendor suave voltada à ribeira de Teire, tributária do rio Ave”, informa o executivo municipal num comunicado.
O Santuário Rupestre de Garfe exibe no topo três tanques escavados. O maior, em forma de T, está orientado de este para oeste, “numa clara alusão ao nascimento-morte”.
O segundo, de menor dimensão e menos profundo, tem uma forma retangular e está paralelo ao primeiro, enquanto o terceiro e último, também retangular, foi construído perpendicularmente aos dois primeiros.
Na vertente sul do penedo, e na continuidade do terceiro tanque, são visíveis dois degraus de acesso talhados, de uma forma grosseira, ligados a um carreiro desgastado pelo uso sistemático do monumento.
“A face do penedo, voltada a oeste, foi intensionalmente rasgada a pico de forma a criar um altar. Em alguns afloramentos da envolvente, apesar de cobertos pela densa vegetação, são percetíveis entalhes e alinhamentos de outras estruturas, provavelmente relacionadas com o santuário rupestre”, refere o comunicado.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.