Feirense e Sporting discutem hoje a última vaga das meias-finais

Data:

O Feirense e o Sporting discutem hoje a última vaga para as meias-finais da Taça de Portugal de futebol, no terceiro encontro entre as duas equipas esta temporada.

Depois dos triunfos para o campeonato (1-0) e para a Taça da Liga (4-1), os ‘leões’, finalistas vencidos na última temporada, procuram o terceiro triunfo sobre os ‘fogaceiros’ e estar pelo segundo ano consecutivo nas meias-finais.

O Feirense, que nunca jogou contra o Sporting na Taça de Portugal, tenta chegar pela segunda vez às meias-finais, depois de ter sido eliminado nessa fase em 1990/91 pelo FC Porto.

O encontro está marcado para o Estádio Marcolino de Castro, em Santa Maria da Feira, às 20:45, com o vencedor a jogar nas meias-finais com o Benfica, que eliminou o Vitória de Guimarães na terça-feira.

Também na terça-feira, o Sporting de Braga afastou o Desportivo das Aves, detentor do troféu, e o FC Porto eliminou o Leixões, formações que assim se vão defrontar na outra meia-final.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.