Trânsito restabelecido no IC1 em Ourique após acidente com dois feridos

Data:

O trânsito foi restabelecido ao início da tarde de hoje no IC1 em Ourique (Beja), depois de ter estado cortado algumas horas devido a uma colisão que provocou um ferido grave e outro ligeiro, segundo a GNR.

Fonte da força de segurança disse à agência Lusa que o choque entre um automóvel e um veículo pesado de mercadorias, sem carga, ocorreu cerca das 10:00, ao quilómetro 677 do Itinerário Complementar (IC) 1, perto de Aldeia de Palheiros, no concelho de Ourique, distrito de Beja, obrigando ao corte da via em ambos os sentidos.

O ferido grave, uma mulher de 27 anos que viajava no veículo ligeiro de passageiros, foi transportada num helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para as urgências do hospital de Faro, no Algarve, referiu a mesma fonte.

Segundo os bombeiros e GNR, o acidente provocou ainda um ferido ligeiro, que viajava no camião.

As operações de socorro mobilizaram os bombeiros de Ourique, INEM e GNR.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.