Gaia acolhe ‘superespecial’ de abertura do Rali de Portugal em 2019

Data:

O município de Vila Nova de Gaia vai acolher a ‘superespecial’ de abertura do Rali de Portugal do próximo ano, indicou hoje o presidente da câmara local.

Em declarações aos jornalistas após reunião de câmara, Eduardo Vítor Rodrigues avançou que Gaia vai acolher um evento que na edição anterior esteve no centro do Porto, existindo, disse, “entre as duas cidades uma lógica de alternância”.

De acordo com o autarca, a ‘superespecial’ começará na beira-rio, passando pela rua General Torres e Via Panorâmica, altura em que os pilotos dão a volta na rotunda junto ao Hotel Yeatman e chegam à Avenida da República, onde retomam o circuito inicial.

Eduardo Vítor Rodrigues especificou que esta é uma iniciativa articulada com o município do Porto, acrescentado que a autarquia vizinha “vai ceder parte da logística”.

Já a proposta que hoje foi aprovada por unanimidade refere que a câmara vai alocar ao evento Rali de Portugal perco de 400 mil euros.

Ainda à margem da reunião de câmara, Eduardo Vítor Rodrigues avançou que os municípios do Porto e de Vila Nova de Gaia estão em negociação para acolherem o encerramento da próxima Volta a Portugal em bicicleta.

E, questionado sobre próximas realizações da Red Bull Air Race, o autarca mostrou-se pessimista.

“Em janeiro fechar-se-á o assunto, mas não tenho muitas expectativas”, referiu.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.