Exportações de vestuário português em 2018 cresceram 1,6%

Data:

De janeiro a outubro, as exportações de vestuário português ultrapassaram os 2,68 mil milhões de euros. O crescimento tem sido impulsionado especialmente por Itália, Suíça, Países Baixos e EUA, informa a Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confecção (ANIVEC/APIV).
Nos primeiros 10 meses de 2018, as exportações portuguesas de vestuário “atingiram 2.682 milhões de euros, o que equivale a um aumento de 1,6% em comparação com o mesmo período do ano passado”, revela a associação do setor.
O mercado de fora da União Europeia contribuiu para impulsionar as vendas de vestuário português ao exterior, com um crescimento de 6,3%, com destaque para mercados como os EUA (+15,5%) e Canadá (+113,7%).
Dentro da Europa, os “aumentos consideráveis” das vendas para Itália (+52%), Suíça (+33,5%) e Países Baixos (+20,2%) compensaram as perdas de vendas para Espanha (-4,5%), refere aidna a ANIVEC/APIV.
A crescer estão igualmente as exportações para França (+1,6%), Suécia (+1,8%), Bélgica (+2,4%) e Dinamarca (+13,4%).
“Felizmente, o caminho da diversificação de mercados tem vindo a ser traçado há alguns anos pelos empresários portugueses da indústria do vestuário e, como tal, as quebras que agora se sentem em Espanha estão a ser equilibradas com as exportações para outros países”, destaca afirma César Araújo, presidente da direção da associação.
O mesmo responsável considera ainda que o conceito ‘made in Portugal’ “conseguiu impor-se em mercados relevantes da moda, como Itália, os EUA e os países do Norte da Europa, onde hoje se valoriza muito a qualidade da confeção nacional”.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.