Atirador de Estrasburgo abatido

Data:

Chérif Chekatt, o autor do ataque terrorista de terça-feira em Estrasburgo, foi abatido pela polícia francesa, anunciou hoje a imprensa francesa.

A cadeia de televisão BFM-TV noticiou que Chekatt foi abatido no bairro de Neudorf, onde se tinha refugiado depois do ataque que fez três mortos e 13 feridos, segundo o mais recente balanço.

A operação policial de que resultou a morte do homem de 29 anos que, na terça-feira à noite, abriu fogo sobre as pessoas que se encontravam no mercado de Natal de Estrasburgo, gritando “Allah Akbar!” (“Deus é grande!”), foi a segunda de hoje, após a detenção de uma quinta pessoa com ele relacionada.

Uma quinta pessoa relacionada com Chérif Chekatt, o atirador do atentado do mercado de Natal de Estrasburgo, foi detida ao fim da manhã de hoje, indicou o ministério público de Paris.

Os pais do autor do tiroteio e dois dos seus irmãos tinham já sido detidos na noite de terça para quarta-feira.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.