Forças Armadas realizaram 7.920 missões de apoio à população

Data:

Desde o início de 2018, as Forças Armadas já realizaram 7.920 missões de apoio à população em Portugal, informa o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA).
As missões foram levadas a cabo por 41.810 militares e permitiram “salvar 671 vidas”.
Segundo o EMGFA, foram realizadas 6.048 missões de apoio à Autoridade Nacional de Proteção Civil, ao Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) e no âmbito de Protocolos de Cooperação Municipais.
Dessas missões, 920 foram apoios de engenharia nos distritos de Aveiro, Leiria, Setúbal e Faro e 5.128 patrulhas de vigilância e sensibilização das populações nas Matas nacionais e perímetros florestais em 15 distritos do território.
Só no mês de novembro houve 205 missões de apoio ao ICNF e Protocolos de Cooperação Municipal, das quais 140 são apoios de engenharia e 65 são patrulhas de vigilância e de sensibilização.
O EMGFA realça ainda a missão de apoio à ANPC após o deslizamento de terras em Borba, “que mobilizou um total de 170 militares (Destacamento de Mergulhadores Sapadores, Equipa Hidrográfica Rápida do Instituto Hidrográfico e Equipa de Fuzileiros da Marinha portuguesa, assim como Oficiais de engenharia do Exército), apoiados por 13 meios, entre os quais seis viaturas”.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.