Câmara de Penacova atribuiu 24 bolsas a estudantes do secundário e do superior

Data:

A Câmara de Penacova atribuiu 24 bolsas de estudo a alunos do concelho dos ensinos secundário e superior, para reconhecer o “mérito e desempenho escolar” e também para “atenuar as despesas” dos pais durante o seu percurso escolar.

As bolsas, que este ano atingem o valar global de 15.200 euros, abrangendo oito estudantes do secundário e outros tantos do superior, integram-se na ação social escolar do município, “com o objetivo de minimizar as dificuldades socioeconómicas das famílias”, que apresentem “comprovada situação de carência económica, mas, igualmente, comprovado mérito escolar” (média final igual ou superior a 14 valores).

Este apoio “não é nada mais que uma pequena ajuda a quem se dedica e vê esse seu esforço e dedicação concretizados no seu sucesso escolar”, mas “é, sobretudo, uma ajuda às famílias que, apesar da sua carência económica, continuam a resistir e a investir no futuro dos seus filhos ou educandos”, sublinhou, na sessão de entrega das bolsas, o presidente da Câmara, o socialista Humberto Oliveira.

“A educação será sempre uma aposta firme e objetiva deste executivo, e penso que de qualquer autarquia”, acrescentou o presidente da Câmara daquela vila do distrito de Coimbra, sustentando que “é na educação que está o futuro” do concelho e que quando se trata de educação não se pode “falar em gastos e despesas, mas sim em investimento”.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.