João Pina continua na recolha de bens de Natal na Guarda

Data:

João Pina nasceu nos Meios, concelho da Guarda, e administra várias empresas que criou em França. Com pouco mais de 18 anos emigrou para França, mais concretamente para os arredores de Paris à procura de uma vida financeira melhor. É atualmente administrador de um grupo de seis empresas ligadas ao sector da construção civil, contudo nunca esqueceu as suas raízes. De seu nome completo, João Manuel Nascimento Pina, 50 anos,  pai de 3 filhos, avô de uma menina com 2 anos. É casado em segundas núpcias com Rosa Sanchez, cidadã espanhola que apoia a sua forma de estar na vida. Para além de também ser administradora da empresa ‘Pina Jean’, é artista plástica e corrobora com as causas sociais, em especial, as que directamente dizem respeito às crianças e Idosos.
Para além das visitas assíduas à sua terra Natal, João Pina é conhecido por ajudar os que mais precisam. São inúmeras as causas que este luso-descendente tem apoiado, o “homem das causas sociais”, o” homem que espalha sorrisos”, assim é conhecido na cidade altaneira – a Guarda. Jean Pina como é também conhecido em jeito de brincadeira afirma que a cidade tem para si mais um F, o de Feliz, fazer mais feliz os que mais precisam. Em entrevista conta um pouco sobre os seus projetos sociais.

João Pina e os seus filhos

MP- João Pina qual a razão Porquê de ajudar os que mais carenciados e porquê a Guarda?
João Pina- A região onde nasci e vivi parte da minha adolescência nunca a esqueço. Emigrei à procura de uma vida melhor, é verdade, mas poder regressar de três em três meses é tão especial, tão gratificante. Adoro os cheiros, as cores, os paladares de toda esta Região, para além de estar perto da minha mãe, irmãos e restante família. Só quem está longe consegue compreender esta situação de verdadeira saudade.
Quanto à vontade de ajudar os outros, é algo que não lhe sei explicar. Costumo dizer, a minha vida em França pauta-se por muito trabalho, acompanho os meus funcionários nas diversas obras que materializo. Mas acima de tudo, quero estar ao lado deles, quero continuar a ser o Líder e não o Patrão. Não posso dizer que a vida financeiramente não me sorri, é verdade que fruto das muitas, muitas horas de trabalho, é normal que tenha atualmente uma vida mais facilitada no que a dinheiro diz respeito. Mas também sei, que poderia viajar mais, gastar mais com as minhas coisas, mas sinceramente, partilhar o que temos com os que mais necessitam e “ver sorrisos e olhos brilhantes” por ajudar a concretizar sonhos, é algo que não tem preço. No Natal de 2017 ofereci alimentos à Loja Social “Mão Amiga” gerida pela Freguesia da Guarda, para posterior entrega de cabazes a famílias em dificuldades, em que pelo menos o bacalhau, o ananás, o bolo rei e demais iguarias próprias desta época não faltassem na mesa , ofereci 3 cabazes com alimentos a família carenciadas da minha Aldeia, os Meios e à RLIS, um centro sediado na Guarda que ajuda igualmente famílias com carências alimentares. Tinha dado como concluída a ajuda, já que o montante que eu estabeleci estava esgotado, contudo, recebi uma mensagem de uma jovem mãe a solicitar que ajudasse a concretizar o sonho de Natal do seu filho, possuir um computador/tablet, com teclado em silicone, já que o jovem, portador de deficiência, e corpo franzino, mas os familiares não lho podiam oferecer. Não pensei duas vezes e ofereci a esse jovem o computador e à restante família alimentos para o Natal. O sorriso no olhar do jovem Rubem foi muito especial para mim, concretizei o sonho deste jovem e como por várias vezes já referi o meu lema de vida e das minhas empresas é de que “o sonho comanda a vida”.

A sua biografia escrito com mestria por Isabel Dente tem esgotado as edições. Neste livro conta a sua vida

MP- Este ano de 2018 tem sido um ano de dávidas e que vai culminar com o Natal de 2018 e as vastas ofertas que anda a recolher em França para trazer
João Pina – Ofereci 10 prémios pecuniários – O “Prémio de Mérito João Pina” foi entregue no dia 27 de julho, aos 10 melhores formandos dos Cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA), de nível Básico, das Turmas EFA B1, EFA B3 – A1, EFA B3 – A2, EFA B3 – C1; e os alunos do Ensino Secundário Recorrente (10º, 11º e 12º anos) e do Ensino Superior (Cursos Técnicos Superiores Profissionais e Licenciaturas). Dois dos Prémios foram atribuídos por assiduidade, um para os Cursos EFA e outro para o Ensino Secundário. Esta cerimónia decorreu no Estabelecimento Prisional da Guarda, no âmbito de um “Acordo de Parceria do Ensino Escolar” que assinei com a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais. Já não é a primeira vez que acompanho estes cidadãos e cidadãs tão especiais.
Continuei a pareceria com a Casa do Benfica da Guarda, proporcionei a quatro Instituições da Guarda e Região, nomeadamente à Aldeia de Crianças SOS, à CERCIG, ao Outeiro de S. Miguel – IPSS sedeada na Guarda e à ASTA- Associação Sócio Terapêutica de Almeida, a oportunidade de assistirem ao Jogo Benfica/Boavista no grandioso Estádio da Luz em Lisboa. Uma tarde diferente para 8 crianças e adolescentes que foram acompanhados por um adulto de cada uma das instituições e dois elementos da Casa do Benfica da Guarda.
No presente, nas comemorações 24º aniversário da Casa do Benfica da Guarda fui agraciado com o título de «Sócio Honorário», um ano após ter sido nomeado «Patrono da Casa» Muitas outras coisas foram feitas este ano, mas há uma que me orgulha muito. Pela primeira vez em Paris, foi firmado com o meu total empenho e envolvimento um protocolo de colaboração entre duas Instituições, uma portuguesa e outra francesa que acolhem cidadãos portadores de deficiência. Numa visita a Portugal fui abordado pela CERCIG-Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados da Guarda com o intuito de subsidiar as despesas de transporte em Paris do grupo constituído por 16 elementos que se deslocou à capital francesa numa visita de Lazer. Uma experiência única para estes jovens tão especiais.

Com o cantor Luis Filipe Reis natural da Guarda e seu grande amigo

Mais uma vez aceitei este pedido ou não fosse uma associação muito peculiar.Para além desta ajuda, desdobrei-me em contatos para que fosse concretizada uma aspiração de longa data-estabelecer um protocolo com uma associação congénere de Carrières-sur-Seine, a “Esat la Roseraie”, protocolo assinado, no passado mês de março, que contou com a dedicação do Diretor da Associação, Mr. Luc Pallier e que contempla a visita à Cidade mais alta de Portugal ainda este ano.
A assistir a este ato estiveram presentes o Senhor Cônsul Geral de Portugal em Paris, António Moniz, que uma vez mais me parabenizou pelos meus atos solidários e pela forma exímia de como promovo a minha terra Natal. O Presidente da Câmara de Carrières-Sur-Seine-Mr. Arnauld de Bourrousse associou-se também a este momento e propôs inclusivamente criar uma relação de geminação com a Cidade da Guarda situação que expus pessoalmente ao Senhor Presidente da Câmara da Guarda, bem como. Estiveram também presentes os Rotários do “Rotary Club de Houille Bezons Sartrouvile”, os dirigentes e utentes das duas instituições, num total de cerca de 130 pessoas. Toda a sessão teve tradução em simultâneo realizada por Olivier Rodrigues, uma luso descente que se congratulou por efetivar este trabalho.
O protocolo foi assinado pelos Presidentes das Instituições envolvidas, José Igreja e Mr. Reiter e por mim. “O que eu proporcionei aos utentes da CERCIG recebi em dobro, da parte deles, em carinho, em afeto” e acima de tudo, por ver tantos sorrisos estampados nos rostos de pessoas tão especiais”.
O Município da Guarda e o Arquiteto António Saraiva, também ele da Guarda associaram-se a este ato através do envio de ofertas para que os convidados conhecessem “de perto” a história e imagens da cidade dos 5 F´S,
O dia prosseguiu ainda com a visita aos locais emblemáticos de Paris e uma viagem em “bateaux mouche”, uma surpresa que estes jovens e monitores acolheram com grande entusiasmo

MP- A Conversa já está longa e em PARIS  o que tem feito?
João Pina – Continuei, à semelhança do protocolo firmado no ano passado a ser sponsor da Casa do Benfica em Paris- sports 78 em que o equipamento destes jovens jogadores de futsal possui o logotipo da minha empresa. Desporto é saúde, assim considero.
Paguei aulas de francês aos meus funcionários que vieram de Portugal, uma forma de os integrar de forma mais fácil no País onde agora trabalham. Sei das dificuldades que tive quando vim para França. Aprender outra língua é sempre difícil.
Dou apoio a cantores luso-descendentes, recebo-os inclusivamente na minha casa, ajudo na divulgação dos seus discos, das suas atuações.
Em novembro a minha empresa será um dos sponsers da vinda do artista português “Emanuel. Este conhecido artista atuará pela primeira vez na Cidade de Havre .Uma honra poder proporcionar um momento de música popular portuguesa a milhares de luso-descendentes.
A festa de que falo continuará pela noite dentro com o baile abrilhantado com o grupo musical” Lusibanda” e pela cantora “Virginie Novo Som, enfim, será uma verdadeira noite portuguesa.
MP- Nestes poucos meses que permeiam até ao final do ano, o que vai ainda fazer?

Sua esposa  Rosa Sanchez à esquerda

João Pina – No seguimento do protocolo firmado com o IPG, Serão atribuídas 3 bolsas de estudo a novos estudantes que efetivem a sua matrícula, no ano letivo 2018/2019, no Instituto Politécnico da Guarda. Três bolsas anuais, sob forma de pagamento integral das propinas, sendo duas bolsas destinadas a estudantes naturais do concelho da Guarda e uma bolsa a um estudante natural de S. Tomé e Príncipe. Obviamente que irá haver critérios e para tal foi concebido um regulamento, foi constituído um júri de 5 elementos para avaliar as candidaturas destes jovens Do mesmo faz parte um elemento a designar do IPG, o Vereador da Educação da Câmara Municipal da Guarda, Victor Amaral, pelo meu amigo Victor Alves Gomes – Mestre em Estudos Europeus e Funcionário Europeu, por um outro amigo que também muito estimo, Adélio Amaro- Diretor Executivo da “Gazeta Lusófona” e pela docente da Guarda, Luísa Fernandes.
Estas bolsas de estudo e caso os beneficiários tenham bom aproveitamento escolar serão pagas até final do respetivo ciclo de estudos- nível de licenciatura, A cerimónia de entrega destas bolsas decorre numa sessão solene em dezembro, nas instalações do IPG.
Vou novamente apoiar crianças e famílias carenciadas no Natal, uma época muito especial para mim, este ano com algumas particularidades para as crianças.
Conto editar a 2ª edição da minha Biografia “Jean Pina de Sonhador a Promotor”, que esgotou há muito tempo. Tenho várias solicitações para a presentar nos 4 cantos do mundo.
Estou a preparar com o cantor e amigo guardense, sobejamente conhecido, Luís Filipe Reis a realização de um concerto solidário e, e.. para já não digo mais…( risos).
Iremos certamente continuar a ouvir falar deste luso-descente que afirma, ”continuarei com passos firmes, com amor, a ajudar, continuarei a tentar motivar outros luso-descendentes como eu, a ajudar as suas gentes e o nosso País”.
“Deus não perguntará nunca quantas coisas boas você fez na vida, mas sim, quanto AMOR você colocou naquilo que fez”, conclui João Pina. Sem dúvida, um Luso-descendente com um coração grandioso.

 

Em palestra na CERCI da Guarda que apoia

Recolha de donativos para dar pelo Natal
Refere João Pina que, dedicar um pouco do nosso tempo para ajudar o próximo, não é dever, promessa, nem obrigação de ninguém, isso se deve a um ato puro de solidariedade que parte do coração. Assim regista que: “ A três meses do Natal já temos 5 paletes de jogos e brinquedos novos , 2 paletes de roupa nova sapatos etc … e promessas de 50 cabazes de Natal!!! será com certeza umMomento diferente Para Muita gente no Distrito Guarda!!! Bem haja Filipe Pereira e José Rego Julio Damas!! Por vezes sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no mar. Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota.
A minha grande amiga Elena Correia vai oferecer 50 cd para acompanhar os cabazes, estou emocionado com tanta solidariedade em prol das pessoas do distrito da guarda , concelhos de Figueira de Castelo Rodrigo , Guarda e Mangualde distrito de Viseu Este Natal vamos multiplicar sorrisos no Interior de Portugal!  Um Natal igual para todos os que necessitam. Johnny Gama junta se a causa e oferece 100CDS bem haja ao meu grande amigo Filipe Pereira e Manuela Pereira pessoas exepcionais! Ao meu grande amigo Luís Filipe Reis, Elena Correia David Correia,  Victor Alves Gomes e Dr Hirondino Isaías presidente da casa A Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro tem como área de influência no Distrito da Guarda Vila Nova de Foz Côa e Figueira de Castelo Rodrigo!

Várias carrinhas carregam os donativos que quer trazer de camião

Um apelo de transporte
Afim de trazer para a Guarda, aquilo que anda a recolher João Pina solicita aos diversos transportadores de mercadorias que fazem o trajeto Portugal- França, caso tenham disponibilidade de espaço e que queiram oferecer transporte para cidade da Guarda que o contactem, já que está causa se for partilhada por quem possa de alguma forma colaborar será um ação mito melhor e evita custos de transporte.
ANTÓNIO FREITAS

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.