UTAD aberta 24 horas para promover a sustentabilidade

Data:

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro vai estar de portas abertas durante 24 horas, no dia 22, para acolher a iniciativa ECO@UTAD, que visa promover a sustentabilidade e que inclui jogos, concertos, artes performativas e ateliers.

O palco para o evento é o Jardim Botânico que se estende por 130 hectares no campus da academia, em Vila Real.

“O ECO@UTAD visa a promoção da sustentabilidade nos seus quatro pilares fundamentais: o ecologicamente correto, o economicamente viável, o socialmente justo e o culturalmente diverso”, afirmou hoje à agência Lusa Amadeu Borges, do laboratório de Ciências Térmicas, que está inserido na Escola de Ciências e Tecnologia.

O campus vai ficar 24 horas seguidas de portas abertas à comunidade e, nesse mesmo dia, serão ainda entregues à academia as primeiras bicicletas do projeto de mobilidade U-bike.

Amadeu Borges elencou as várias iniciativas que estão a ser preparadas e que incluem jogos, concertos, artes performativas e ateliers.

As atividades começam às 00:00 do dia 22 de setembro, com a observação de estrelas, um acampamento dentro do campus e onde será possível acordar “com a biodiversidade” e ver como acordam também os “outros” habitantes do jardim.

O programa inclui uma caminhada pela antiga linha do comboio, uma oficina de arqueologia experimental e ainda oficinas para crianças, onde poderão criar bonecos de paus, bugalhos e sementes oferecidas pela natureza, aprender a moldar o barro ou fazer espanta espíritos.

Haverá ainda atividades de cestaria, tanoaria e um atelier de fotografia, bem como a presença da Associação de Paralisia Cerebral de Vila Real, que vai desafiar a enfrentar os problemas do dia a dia na “pele” de uma pessoa com mobilidade reduzida.

Na UTAD atuarão ainda o rancho ADC Constantim, o grupo de bombos “Os janotas”, Tó Trips & João Doce, o Avô Cantigas e o projeto Sons do Douro, que transformou pipas de vinho em instrumentos musicais.

A entrada é gratuita e, por cada pessoa que aderir a este evento, a UTAD oferecerá uma árvore para posterior plantação, a realizar depois de novembro, em área a designar em articulação com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), estando prevista a doação de um total de 6.000 árvores.

A iniciativa envolve diferentes entidades e associações locais, desde a Câmara de Vila Real, o Corpo Nacional de Escutas, a Associação de Paralisia Cerebral de Vila Real e o ICNF.

O ECO@UTAD está a ser organizado pela Escola de Ciências e Tecnologia, através do Laboratório de Ciências Térmicas, que se dedica ao estudo e conversão de produtos considerados desperdícios em energia.

“Estamos a falar, por exemplo, de resíduos sólidos urbanos, dos sobrantes das florestas e que podem ser convertidos quer em biomassa sólida, quer em biomassa gasosa, e, a partir daí, serem usados como combustíveis para aquecimento ou produção de eletricidade ou para automóveis”, referiu Amadeu Borges.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.