Medalha de honra para o canoísta Fernando Pimenta

Data:

O canoísta Fernando Pimenta vai receber a medalha de mérito do município de Montemor-o-Velho, onde conquistou os títulos mundiais de K1 1.000 e K1 5.000 metros.

Segundo Emílio Torrão, presidente da Câmara Municipal, a medalha já estava atribuída “antes dos resultados do Mundial” de canoagem, que decorreu no Centro de Alto Rendimento (CAR) de Montemor-o-Velho.

“A atribuição [da medalha] não tem nada a ver com o Mundial, tem a ver com a sua carreira”, sublinhou.

O presidente da autarquia justificou a condecoração com o mérito desportivo de Fernando Pimenta e o facto de treinar em Montemor-o-Velho.

“É um atleta que faz todo o seu treino em Montemor, que se integra na comunidade e merece o meu profundo respeito porque é uma pessoa muito dedicada”, salientou Emílio Torrão.

A entrega da medalha de honra, a primeira a ser atribuída pela câmara, vai decorrer na sessão solene do feriado municipal, no dia 08 de setembro, a partir das 15:00, no salão nobre dos Paços do Concelho.

Fernando Pimenta, tricampeão europeu em K1 1.000 metros revalidou no domingo o título em K1 5.000 – distância não olímpica –, repetindo o êxito alcançado em Racice, na República Checa, em 2017, um dia depois de ter alcançado o ouro em K1 1.000 pela primeira vez.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.