Dois ouros de Pimenta valem 7º lugar a Portugal

Data:

Portugal terminou os mundiais de canoagem no sétimo lugar do medalheiro, com os dois ouros de Fernando Pimenta em Montemor-o-Velho.

O triunfo inédito em K1 1000, no sábado, e a revalidação do cetro em K1 5000, domingo, valeram à seleção lusa ficar atrás somente de Alemanha, Hungria, Rússia, Bielorrússia, Canadá e Brasil, no melhor desempenho da sua história.

Pimenta garantiu o hino nacional por duas vezes no Centro de Alto Rendimento, contudo, outros atletas brilharam nos mundiais, destacando-se João Ribeiro, quarto em K1 500, distância não olímpica, apesar de pouco ter treinado a embarcação, por estar focado no K4 500.

Em equipa com Emanuel Silva, Messias Batista e David Varela, conseguiu um valioso apuramento para a final – a tripulação apenas se juntou este ano e só há pouco mais de um mês trabalha com Rui Fernandes -, onde conseguiu o nono na sua prova menos conseguida no evento.

Ainda assim, se fosse apuramento olímpico, que decorrerá nos mundiais de 2019 em Szeged, Hungria, o quarteto teria garantido uma vaga em Tóquio2020.

Teresa Portela e Joana Vasconcelos conseguiram inédita final mundial para o K2 500, na qual foram oitavas.

As pupilas de Hélio Lucas, que orienta Pimenta, estiveram depois muito mais discretas no K4 500, com Francisca Laia e Francisca Carvalho, ao falhar a meia-final, no resultado mais dececionante da seleção.

Destaque ainda para Hélder Silva que se terá despedido das provas internacionais como sexto melhor do mundo em C1 200, revelando hoje a ambição de ter a oportunidade de treinar os seus colegas de seleção.
Das 70 seleções em competição com 1700 canoístas apenas 24 atingiram o pódio.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.