Paladin lança dois novos vinagretes de fruta

Data:

A Paladin apresenta este verão dois vinagretes de fruta: um com maracujá e outro com romã, ambos produzidos na Golegã.

“A escolha destas frutas deve-se às suas propriedades benéficas para a saúde: o maracujá, rico em vitamina C e vitamina A, e a romã, em vitamina C e antioxidantes”, explica uma nota da empresa Mendes Gonçalves, detentora da marca Paladin.
Carlos Gonçalves, CEO da Mendes Gonçalves, refere que “estes vinagretes foram pensados numa ótica de fazer algo diferente no setor”.
“O desafio de nos destacarmos é complicado e, por isso, procuramos sempre ser criativos na escolha dos elementos que integram cada produto. Desta vez, e numa era em que os consumidores estão cada vez mais atentos ao seu bem-estar, optámos por evidenciar o maracujá e a romã”, acrescenta.
A Paladin foi relançada em 2013 em Portugal e nos mercados externos e já está presente em mais de 30 países, com mais de 60 referências, algumas adaptadas aos países aonde está presente.
“A aposta em produtos portugueses, de sabor português e feitos em Portugal, tornou a Paladin na primeira marca certificada com o selo ‘Portugal Sou Eu’.
A Mendes Gonçalves é uma empresa familiar, sediada na Golegã desde 1982, que emprega mais de 250 pessoas e se dedica à produção de temperos, vinagres e molhos.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.