Sobral de Monte Agraço: Um Município Educador

Data:

No Município de Sobral de Monte Agraço, como objetivo estratégico primordial na área da Educação, encontra-se a equidade do acesso a um ensino público de qualidade a todas as crianças e jovens, independentemente das condições socioeconómicas dos seus agregados familiares.

As políticas nacionais no âmbito da Educação têm atribuído cada vez mais responsabilidades às autarquias locais. Neste sentido, no Município de Sobral de Monte Agraço, a Educação tem sido uma das áreas de intervenção por excelência, no sentido da otimização dos recursos existentes e na promoção do sucesso escolar dos alunos a frequentar os estabelecimentos de ensino do concelho.

No Município de Sobral de Monte Agraço, como objetivo estratégico primordial na área da Educação, encontra-se a equidade do acesso a um ensino público de qualidade a todas as crianças e jovens, independentemente das condições socioeconómicas dos seus agregados familiares.
Tendo por base o objetivo supracitado, o Município mantém, permanentemente, as seguintes tarefas:
– Requalificação, modernização e apetrechamento do parque escolar concelhio;
– Ampliação da rede de transportes escolares aos alunos, residentes no concelho, que residam a mais do que 1 Km do estabelecimento de ensino, apesar dos 4 Km legalmente previstos;
– Oferta de transporte escolar a crianças da educação pré-escolar da rede pública, residentes no concelho, e que residam a mais do que 1 Km do estabelecimento de ensino;
– Implementação de projetos de promoção do sucesso escolar, no âmbito das artes e ciências;
– Promoção de programas de ocupação dos tempos livres para crianças e jovens.

Neste sentido, o Município de Sobral de Monte Agraço tem vindo a reforçar a sua oferta de Atividades de Animação e Apoio à Família para a Educação Pré-Escolar e Primeiro Ciclo do Ensino Básico, nomeadamente, nas interrupções letivas (Natal, Carnaval e Páscoa).

O Município de Sobral de Monte Agraço irá dar continuidade ao programa de ocupação de tempos livres no período das férias escolares de verão – Sobral Vive as Férias, aumentando o número de semanas do programa, assim como a diversidade das atividades: praia, teatro, trampolins, atividades aquáticas e desportivas, insufláveis, mindfullness, yoga, passeios culturais, workshops, cinema, entre outros

Salienta-se, ainda, que o Município de Sobral de Monte Agraço irá dar continuidade ao programa de ocupação de tempos livres no período das férias escolares de verão – Sobral Vive as Férias, aumentando o número de semanas do programa, assim como a diversidade das atividades (praia, teatro, trampolins, atividades aquáticas e desportivas, insufláveis, mindfullness, yoga, passeios culturais, workshops, cinema, entre outros).

Este programa destina-se a crianças e jovens entre os 6 e 14 anos de idade e tem como principais objetivos promover a educação não formal e o relacionamento interpessoal e, através destes, prevenir comportamentos de risco e promover estilos de vida saudáveis.

Para a faixa etária dos três aos cinco anos, o Município irá dinamizar um programa de atividades de animação, durante o final do mês de junho e o mês de julho, com o objetivo de atender às necessidades das famílias, no que se refere à ocupação dos tempos livres das suas crianças.
Esta aposta na educação ilustra uma resposta necessária às famílias sobralenses e, acima de tudo, um investimento no futuro das nossas crianças e jovens.

Mais informações em: www.cm-sobral.pt

 

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.