José Fonte: Camaradagem é e será segredo de Portugal

Data:

José Fonte admitiu esta sexta-feira que a camaradagem do grupo é um dos pontos fortes da seleção, confiando que será determinante no sucesso luso no Mundial2018.

“Sem dúvida. É a nossa arma mais forte. O nosso espírito de sacrifício que temos uns pelos outros. Acreditar que quando um colega falha o outro vai estar lá estar para nos ajudar. Foi assim que ganhámos o Euro2016 e vai ser assim que vamos continuar, com entreajuda, união e paixão por Portugal, e pela equipa”, sintetizou o internacional português.

Num balanço ao desempenho nos dois primeiros jogos, com empate 3-3 com a Espanha e vitória 1-0 sobre Marrocos, discordou com quem classificou o desempenho luso de forma negativa.

“Exibições fracas? Não sei se são assim tão fracas. Temos quatro pontos e o primeiro lugar do grupo. A Espanha está na nossa frente só pela situação dos cartões amarelos. Poderíamos ter feito exibição melhor, com controlo de jogo, contra Marrocos, mas também tem de ser dar credito e mérito às outras equipas que lutam pela vida, pelos seus países e também têm qualidade”, justificou.

José Fonte confia que Portugal vai melhorar de produção, mas é, sobretudo, pragmático: “Não estamos satisfeitos, mas, como digo, temos quatro pontos, sabemos a nossa qualidade e queremos fazer melhor”.

“Como dizia o ‘mister’, se for para vencermos todos os jogos por 1-0 assino já por baixo”, completou.

Portugal defronta na segunda-feira o Irão, de Carlos Queiroz, no terceiro e último jogo do grupo B no Mundial da Rússia.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.