Chuva e queda de granizo provocam estragos na agricultura em Chaves

Data:

O autarca de Chaves afirma que vai ser feito um levantamento dos prejuízos causados pelo mau tempo

O presidente da Câmara de Chaves disse à agência Lusa que a chuva intensa e o granizo provocaram estragos na agricultura, nomeadamente a nível de árvores de fruto, milho, hortas e vinhas, afetando dezenas de agricultores.
Nuno Vaz referiu que o mau tempo, que se verificou na quinta-feira à noite, afetou principalmente as freguesias da Madalena, Samaiões e São Pedro de Agostém.
“A intensidade da chuva e, sobretudo, o granizo, fez com que algumas culturas ficassem muito danificadas e, algumas delas completamente perdidas. Estamos a falar sobretudo da cultura de milho e também as culturas verdes, hortas, alguma vinha e árvores de fruto da época”, salientou.
O autarca disse que vai, agora, ser feito um levantamento dos prejuízos causados pelo mau tempo e avaliado o tipo de apoio que pode ser dado aos agricultores afetados.
Na cidade de Chaves, hoje o dia é de limpeza dos edifícios e estradas devido às inundações verificadas e que ocorreram lojas comerciais, garagens, no hospital, centro de saúde, clínica veterinária e até na Escola Fernão Magalhães.
A intempérie provocou ainda a queda de muros e há o registo de alguns carros parcialmente submersos.
A trovoada, acompanhada de chuva intensa e, em algumas situações, de granizo, afetou na quinta-feira o distrito de Vila Real, com especial incidência no concelho de Chaves, mas também em Montalegre, Vila Real, Alijó, Sabrosa e Peso da Régua.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.