Câmara quer destino turístico Ponta Delgada com valência gastronómica

Data:

Jose Manuel Bolieiro afirmou, que a autarquia a que preside quer o destino turístico Ponta Delgada também com a valência da gastronomia.

O Presidente da Câmara falava no Campo de São Francisco, no decorrer da segunda iniciativa que visou assinalar o Dia Nacional da Gastronomia Portuguesa que, neste espaço nobre da cidade e, para além da parceria da Confraria dos Gastrónomos dos Açores, contou com a colaboração da Zona Militar dos Açores e da Junta de Freguesia de São José. A primeira iniciativa decorreu no sábado, no Mercado da Graça.
Afirmando que Ponta Delgada já é uma referência no que respeita à natureza e ao turismo náutico, José Manuel Bolieiro adiantou que “podemos também ser uma escolha de gastronomia”.
“Temos boas atividades e somos uma referência no turismo religioso, mas a multiplicidade de atrações que Ponta delgada e que os Açores podem oferecer como destino turístico importa para garantir diferentes fluxos” – acentuou.
Relativamente à parceria que levou à concretização da comemoração do Dia Nacional da Gastronomia Portuguesa em Ponta Delgada, destacou a parceria com a Confraria dos Gastrónomos dos Açores e da Zona Militar dos Açores, sem o que não teria sido possível realizar esta iniciativa.

Gabinete de Imprensa e Relações Públicas

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.