Lançado há 20 anos, o Viagra tornou-se um sucesso mundial

Data:

No início dos anos 1990, os cientistas do laboratório Pfizer procuravam um novo medicamento contra a angina de peito, o citrato de sildenafila. No entanto, os testes clínicos revelaram a ineficiência da substância na redução da dor provocada por esta doença.

Curiosamente, nos homens, o fármaco provocou um efeito inesperado: uma ereção. Foi nessa altura que a Pfizer reorientou o estudo para a impotência masculina ou disfunção erétil, um transtorno que afeta um terço dos homens com mais de 40 anos.

A FDA (agência americana para alimentos e fármacos) aprovou o novo medicamento a 27 de março de 1998. O produto começou a ser vendido com o nome Viagra no início de abril nos Estados Unidos, o primeiro país a comercializar este fármaco.

Sucesso de vendas

O êxito do comprimido azul foi imediato: nas duas primeiras semanas de comercialização foram registadas 150.000 receitas nos Estados Unidos.

O Viagra tornou-se um sucesso mundial mesmo antes de ser autorizado noutros países. O mercado negro rapidamente fez escoar o produto para Israel, Polónia ou Arábia Saudita, com preços três a cinco vezes superiores ao cobrado nos Estados Unidos (na altura cerca de 10 dólares, pouco mais de 8 euros). Com o lançamento oficial na Europa, em setembro de 1998, a pílula azul contra a impotência tornou-se na locomotiva financeira do laboratório alemão Pfizer.

As vendas mundiais de Viagra dispararam mais de 30% em 1999 e em 2000, superando a barreira dos mil milhões de dólares, uma verdadeira surpresa para o grupo farmacêutico que tinha previsto uma faturação de 100 milhões de dólares por ano.

Efeitos do medicamento desaparecem 24 horas depois.

A empresa Superdrug decidiu fazer um estudo para explicar como é que o viagra atua. Nos primeiros 12 minutos, o corpo absorve o medicamento. Alguns homens sentem logo o seu efeito.

27 minutos: No entanto, há homens que nos primeiros 12 minutos não sentem melhorias. Segundo os investigadores, em média os homens demoram quase meia hora a ter a ereção.

57 minutos: É quase ao fim de uma hora que o homem deverá atingir “o potencial máximo da ereção”. O viagra ajuda, nesta altura, a atingir os mais altos níveis de concentração de sangue. Daí os médicos aconselharem a tomar o medicamento uma hora antes das relações sexuais.

Quatro horas: O tempo médio de semi-vida do viagra é de quatro horas. É possível que ainda consiga fazer sexo nesta altura. Dez horas Segundo o estudo, mesmo após 10 horas, há homens que ainda têm ereção.

12 horas: A ereção nesta altura pode durar apenas 16 minutos, mas ainda é possível ter relações sexuais.

24 horas: Os efeitos do viagra desaparecem após um dia.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.