Automóveis inesquecíveis | Citroen dois cavalos

Data:

Quem se recorda desta pequena maravilha? Os amantes dos automóveis certamente nunca o esquecerão, até porque foi uma obra soberba de mecânica automóvel que contribuiu decisivamente para o desenvolvimento da sociedade europeia do pós.guerra europa- O Citroën 2CV foi produzido entre 1948 e 1990, alcançou a incrível marca de 5.114. 940 unidades vendidas e foi um dos modelos mais populares da marca. A sigla CV, que faz parte da denominação desse modelo vem de “cheval fiscale” ou potência fiscal, uma unidade usada para taxar o veículo.

A criação do 2CV deve-se ao engenheiro francês Pierre Jules Boulanger,] que começou o desenvolvimento do modelo e foi presidente da Citroën até o final de 1934, quando a família Michelin tomou o controle da empresa.

Os criadores (que tinham trabalhado na criação do Traction Avant), sob a direção de André Lefèbvre e do italiano Flaminio Bertoni, responsável pelo desenho da carroceria, puseram mãos à obra no projeto TPV (Toute Petite Voiture) para desenvolver aquele “guarda-chuva com 4 rodas”, forma irônica com a que se “batizaram” os primeiros 2CV. É de destacar o trabalho do engenheiro Alphonse Forceau, designer da suspensão que constitui uma parte essencial na filosofia do “dois cavalos”.

Em 1939 fabricaram-se 250 protótipos (naquele tempo ainda refrigerados a água) do TPV.

Durante a ocupação alemã da França na Segunda Guerra Mundial decidiu-se manter o projeto em segredo. Além disto, todos os galpões de produção desde o início da guerra foram destinados para a construção de carros de combate da marca Renault. Qualquer tentativa de continuar a produção de protótipos seria impossível, e mais, considerando o perigo de que os alemães utilizassem o projeto para seus próprios fins. Alguns protótipos foram escondidos, mas em sua maioria foram destruídos. Em 1994 três protótipos do TPV daquela época foram redescobertos num celeiro na França. Até  2004 tinham sido encontrados um total de cinco protótipos do TPV.

Em 8 de outubro de 1948 no Salão do Automóvel de Paris mostrou-se finalmente pela primeira vez a versão do TPV tal como se conhece hoje em dia, com um motor de dois cilindros  refrigerado a ar de 375 c.c. e uma potência de 9 CV. Já em seu primeiro aparecimento público, o automóvel causou ao mesmo tempo admiração e também o riso. Segundo parece, um jornalista norte-americano ver pela primeira vez o Citroën 2CV, perguntou: “E onde está o abridor de latas?”.

Recorde-se que os últimos modelos do 2CV foram produzidos em Mangualde, Portugal, no dia 27 de julho de 1990

 

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.