Será o Príncipe Carlos que levará Megan Markle ao altar na cerimónia de casamento com Harry

Data:

O príncipe Carlos irá levar Megan Markle, noiva do seu filho mais novo, o príncipe Harry, ao altar na cerimónia do casamento real que se realiza amanhã em Windsor, anunciou o Palácio de Kensington.

Num comunicado, o palácio divulgou que o futuro sogro de Megan Markle, o herdeiro do trono britânico, levaria a noiva ao altar na capela de St. George no sábado, em Windsor, no Reino Unido.

Carlos entrou em cena depois de o pai de Megan Markle ter adoecido a alguns dias do casamento, ficando impossibilitado de voar para o Reino Unido.

Megan Markle pediu, também num comunicado, que seja dado a Thomas Markle “o espaço que ele precisa para se concentrar na sua saúde”, havendo relatos que de que o pai da noiva passou por um procedimento cardíaco.

A nota do palácio referiu ainda que o príncipe Carlos “tem o prazer de poder receber Megan Markle na família real desta maneira”.

O príncipe Harry é o sexto na linha de sucessão ao trono britânico, após o pai, o irmão, o príncipe William, e os sobrinhos George, Charlotte e Louis.

 

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.