Ocupação hoteleira a 83% em concelhos do Norte que acolhem Rali de Portugal

Data:

A ocupação hoteleira está a 83% nos hotéis dos 13 concelhos do norte do país que recebem o Rali de Portugal, avançou o Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP).

A prova de automobilismo arranca esta quinta-feira em Guimarães e passa por concelhos nortenhos como Viana do Castelo, Guimarães, Matosinhos, Porto, Caminha, Ponte de Lima, Fafe, Vieira do Minho, Cabeceiras de Basto, Mondim de Basto, Amarante, Paredes e Lousada.

Segundo a TPNP, no caso dos concelhos de Matosinhos e Porto “ultrapassa-se os 90%” de ocupação hoteleira durante o período do Rali de Portugal, que fica na estrada de quinta-feira e domingo, vão ser percorridos mais de 1.500 quilómetros, acrescenta o comunicado.

“Há três anos consecutivos que este evento tem apresentado resultados extremamente positivos, seja na captação de público, de visionamento na comunicação social, seja na criação de receita para o território da região”, sublinhou o presidente da TPNP, Melchior Moreira, referindo que o retorno foi de quase “400 milhões de euros”.

Em janeiro deste ano, o presidente do Automóvel Clube de Portugal (ACP), Carlos Barbosa, avançou à agência Lusa que o Rali de 2017 teve um retorno para o país de “137 milhões de euros”, estimando, na altura, que em 2018 esse retorno ia ser “ainda maior”.

O Rali de Portugal, sexta prova do Mundial da especialidade, vai juntar 89 competidores, numa edição na qual o francês Sebastien Ogier procura alcançar o recorde de seis triunfos.

Na quinta-feira, os pilotos têm o ‘shakedown’ em Paredes, o derradeiro teste para os pilotos e os carros antes da partida oficial em Guimarães, no Campo de São Mamede.

O rali segue depois para o circuito de Lousada, para a única superespecial.

Na sexta-feira, dia 18, o destaque vai para o Alto Minho, com dupla passagem pelos troços de Viana do Castelo, Caminha e Ponte de Lima, todos sem alterações face ao traçado de 2017.

No sábado, os pilotos começam a competição em Vieira do Minho, seguindo para Cabeceiras de Basto, na Serra da Cabreira, e Amarante, para a mais longa especial, de 37,6 quilómetros.

O último dia, a disputar no domingo, decorrerá todo no concelho de Fafe, palco de todos os troços: além da tradicional dupla passagem pela classificativa de Fafe-Lameirinha, a última das quais disputada sob o regime de ‘Power Stage’, os troços de Montim, este ano com duas passagens, e Luílhas voltam a fazer parte integrante do programa.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.