Ponte 25 de Abril vai ser cortada oito vezes em 2019

Data:

O presidente da Infraestruturas de Portugal (IP), António Laranjo, prevê que empreitada para a conservação da ponte 25 de Abril, orçada em 18 milhões de euros, se inicie no próximo mês de Outubro.

O presidente da Infraestruturas de Portugal adiantou esta quarta-feira, 16 de Maio, no Parlamento as datas em que a Ponte 25 de Abril será cortada ao trânsito para a realização de obras de manutenção. Segundo revelou, a ponte será cortada totalmente quatro vezes em cada um dos sentidos, sempre entre as 00.30 e as 8:30, para a realização da empreitada de conservação.

No sentido Norte-Sul, a travessia será encerrada nas madrugadas dos dias 18 e 19 de Maio de 2019 e 13 e 28 de Outubro também do próximo ano. No sentido Sul-Norte os cortes totais estão marcados para 11 e 12 de Maio e 12 e 19 de Outubro de 2019.

O responsável, que apontou para um valor global das intervenções de cerca de 22 milhões de euros, disse que a empreitada estará no terreno em Outubro deste ano e terminada no final de 2020.

Em audição na comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, o presidente da IP voltou a garantir que a ponte 25 de Abril é a obra de arte, das 7.200 geridas pela IP, “mais segura que temos”, sendo também a “mais utilizada, por mais de 100 milhões de pessoas por ano” e “aquela que nos últimos anos mais intervenções sofreu”.

 

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.