Serpa: Cortejo Histórico e Etnográfico no domingo de Páscoa

Data:

Cerca de 700 pessoas e 48 carros vão participar, no domingo de Páscoa, no tradicional Cortejo Histórico e Etnográfico de Serpa, no distrito de Beja, para recriar a evolução histórica e mostrar os usos e costumes do concelho.

Segundo a Câmara de Serpa, a organizadora, com a participação da população, o cortejo vai decorrer a partir das 16:00 e passar por várias ruas da cidade e incluir quadros representativos de aspetos da sociedade, do património, dos usos e costumes e dos ofícios tradicionais do concelho.

O cante alentejano, Património Cultural Imaterial da Humanidade desde 2014, volta “a marcar presença forte” no cortejo, através da participação de vários grupos e ranchos corais do concelho.

O cortejo, que se realiza desde 1979, começa a ser preparado com cerca de seis meses de antecedência e atrai “centenas de visitantes” a Serpa, e é um dos “momentos altos” das tradicionais Festas do Concelho em Honra de Nossa Senhora de Guadalupe, que vão decorrer entre sexta e terça-feira.

Fotografia Câmara Municipal de Serpa

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.