Algarve Cup: Triunfo histórico frente à Noruega

Data:

A seleção portuguesa de futebol feminino vai disputar o quinto lugar da Algarve Cup, depois de ter vencido a Noruega 2-0, terminando o grupo A no segundo posto, com os mesmos pontos da Austrália, primeira.

Golos de Cláudia Neto, aos 36 minutos, e de Diana Silva, aos 49, deram a Portugal mais um triunfo histórico frente a uma das seleções tradicionalmente mais fortes do panorama europeu e mundial, mas foram insuficientes para que a equipa das ‘quinas’ conseguisse o primeiro posto do grupo.

A vitória por 2-0 da Austrália sobre a China permitiu à equipa da Oceânia a vitória no agrupamento por um golo, mas as australianas também não conseguiram anular a diferença de golos para os outros dois grupos, pelo que vão discutir o terceiro posto precisamente com Portugal, na qualidade de melhor segundo dos três agrupamentos.

A final será disputada entre a Suécia, vencedora do grupo B, e a Holanda, campeã europeia e vencedora do grupo C.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.